Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

ANP aponta alta de 1,5% no gás de cozinha em uma semana

Na semana de 12 a 18 de setembro, o preço nacional médio do botijão ficou na casa dos R$ 98,33

Aprovada proposta que cria auxílio Gás Social (Foto: Arquivo)

SÃO LUÍS – A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou que o preço do gás de cozinha subiu 1,5% em uma semana. O botijão de 13 quilos é encontrado a R$ 130 na região Centro-Oeste, sendo o valor mais caro do Brasil. Mesmo sem a Petrobras elevar o preço do produto nas suas refinarias desde o começo de julho, a alta já chega a 5%.

Na semana de 12 a 18 de setembro, o preço nacional médio do botijão ficou na casa dos R$ 98,33. O nordeste foi a região cujo preço médio encontrado foi o mais barato, na casa dos R$ 75.

O preço da gasolina também teve alta pela sétima semana consecutiva. De acordo com a ANP, o preço médio do litro entre os dias 12 e 18 de setembro estava em R$ 6,076 no país. Em comparação à última semana, quando o litro estava a R$ 5,982, o aumento foi de 1,57%.

No ano, o valor cobrado pelo litro da gasolina subiu 35,5%. Em três estados do país, o preço dos combustíveis ainda se mantém acima dos R$ 7. São eles: o Acre (com valor máximo encontrado de R$ 7,13), o Rio de Janeiro (cujo valor cobrado pelo litro é de R$ 7,199) e o Rio Grande do Sul (com o preço de R$ 7,185 nas bombas).

Carregando