Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Cerveja Tiger começa a ser vendida pela Heineken no Brasil

A Heineken quer pegar um público que chama de zillennials, ou jovens millennials, entre 25 e 30 anos

Foto: Reprodução

A cervejaria Heineken iniciou a venda da Tiger, uma das maiores marcas de cerveja do mercado asiático. A Tiger foi criada em Singapura em 1932, está presente em mais de 50 países e tem mais de 40 prêmios internacionais. Em São Luís, a cerveja já pode ser encontrada nos supermercados e empórios da capital.

A nova cerveja será vendida em uma garrafa transparente, a princípio na versão 600 ml pelo preço sugerido de 11,77 reais, além da latinha de 350 ml, que custará 3,27 reais. Com o lançamento, a Heineken quer pegar um público que chama de zillennials, ou jovens millennials, entre 25 e 30 anos.

A Tiger está sendo produzida nas fábricas da Heineken de Pacatuba, no Ceará, e Itu, em São Paulo. “É uma marca urbana, voltada para jovens com um perfil empreendedor, que olham o copo meio cheio”, disse em entrevista Renan Ciccone, diretor de marketing do Grupo Heineken. “O nome tem essa relação com tigres asiáticos. Nosso público acabou se se formar, está desenvolvendo seu paladar, mas já reconhece um produto de qualidade.”

A Tiger entra no que o grupo chama de mainstream puro malte, mas é um pouco mais leve do que a Heineken. O segmento mainstream responde por 62% do mercado total, segundo números divulgados pela própria empresa.

Carregando