Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Estelionatário que se passava por senador maranhense é preso em Paço do Lumiar

Indivíduo tentava obter vantagem ilícita junto a Embaixada da China no Brasil.

Pedro Carioca foi preso por suspeita de estelionato (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil do Maranhão, por meio do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos – DCCT/SEIC, cumpriu nesta quinta-feira, 23, mandado de busca e apreensão e mandado de prisão preventiva contra um indivíduo suspeito de estelionato. Ele se passava pelo senador maranhense Weverton Rocha, com a finalidade de obter vantagem ilícita junto a Embaixada da China no Brasil, utilizando o aplicativo de mensagens Whatsapp.

Ao tomar conhecimento do fato, o Departamento de Crimes Tecnológicos iniciou investigações e análise dos rastros deixados pela conduta criminosa, e assim, foi possível a identificação da autoria neste caso. O suspeito foi preso no município de Paço do Lumiar, Região Metropolitana de São Luís.

Foi constatado, também, que em ocasião recente, o suspeito, identificado como Pedro Carioca, havia entrado em contato com a Reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, solicitando recursos financeiros para levar grupos folclóricos do Maranhão para supostas apresentações no Rio de Janeiro. Na ocasião, mais uma vez, se passou pelo senador Weverton Rocha.

De acordo com a polícia, o indivíduo responde por vários processos criminais, desde o ano de 2010, em que se passava autoridades públicas, com o mesmo modus operandi.

Após os procedimentos de praxe (cumprimento do mandado e interrogatórios) o preso foi encaminhado ao Sistema Penitenciário, e os objetos apreendidos serão analisados a fim de aprofundar as investigações.

Carregando