Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Vacina em forma de adesivo criada via impressão 3D demonstra eficácia

O estudo mostra uma resposta imune 50 vezes maior do que a vacina administrada sob a pele.

Adesivo quadrado possui 1 cm de lado e ficou em contato com a pele por 24h (Foto: Reprodução/UNC-Chapel Hill)

Uma vacina em forma de adesivo foi desenvolvida por cientistas americanos e demonstrou uma maior proteção imunológica do que o método intramuscular. O produto, criado via impressão 3D por pesquisadores das universidade de Stanford e Carolina do Norte, já foi testado em animais.

O adesivo é composto por microagulhas impressas em 3D, alinhadas em um polímero com tamanho suficiente para alcançar a pele e aplicar o imunizante.

O estudo foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences e mostra que a resposta imune da vacina adesivo de microagulhas foi 50 vezes maior do que a vacina administrada sob a pele, e 10 vezes maior do que a vacina aplicada no músculo do braço. Os resultados são possíveis porque a pele está cheia de células do sistema imunológico que são o público-alvo do imunizante.

Na visão de Joseph M. DeSimone, principal autor do estudo, e professor de medicina translacional e engenharia química na Universidade de Stanford e professor emérito da UNC-Chapel Hill, a nova tecnologia vai estabelecer uma base para o desenvolvimento global ainda mais rápido de vacinas que são aplicadas sem dor e sem gerar ansiedade.

Carregando