Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Condenado por mortes de pessoas queimadas no MA é capturado em Teresina

Acusado atuava como pastor no Piauí, onde foi preso por uma equipe do Departamento de Homicídios de Timon.

Vítimas do incêndio provocado por José Xavier (detalhe) e seus comparsas, em julho de 2016 (Foto: Divulgação)

Foi preso, na terça-feira (28), um indivíduo, identificado como José Xavier, condenado a mais de 129 anos de prisão pela morte de quatro pessoas e tentativa de homicídio de outras duas, na cidade de Pirapemas, distante 191 km de São Luís. As vítimas foram trancadas e queimadas dentro de casa, após um assalto frustrado, em julho de 2016.

De acordo com a Polícia Civil, o preso, que atualmente seria pastor em Teresina, onde foi capturado por uma equipe do Departamento de Homicídios de Timon, foi o mentor intelectual e executor do crime, que ocorreu no povoado Tiquira, zona rural de Pirapemas.

As investigações apontaram que o objetivo dele e de seus comparsas era roubar uma quantia de R$ 15 mil e uma arma de fogo. Ao chegarem no local, a família disse não possuir o dinheiro e o grupo jogou gasolina na casa e nas vítimas. Um dos criminosos também acabou atingido pelas chamas. Conforme a polícia, todos os outros envolvidos já estão presos.

Antônio da Silva Cruz, de 27 anos, morador de Pirapemas; e Adriano Rocha Nunes, 23, de Santa Rita, foram presos na manhã seguinte ao ataque.

A sentença contra José Xavier está transitada em julgado, não podendo o réu recorrer da decisão. Depois dos procedimentos de praxe, ele foi encaminhado ao presídio.

Carregando