Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Agente penitenciário do Maranhão é suspeito de agredir crianças em Teresina

Homem teria usado um revólver para ameaçar as vítimas.

Vítima mostra as marcas da agressão (Foto: Reprodução)

Cinco crianças teriam sido agredidas por um homem,enquanto jogavam bola, no último sábado (16), no Conjunto José Ribeiro, bairro Angelim, zona Sul de Teresina. A denúncia foi feita por uma das mães, que preferiu não ser identificada.

“Eles iam caminhando na rua que dá acesso às nossas residências e simplesmente um homem, nosso vizinho, saiu de dentro do mato com uma ‘tora’ de pau ameaçando eles, agrediu eles com arma de fogo, bateu neles, bateu em crianças, teve atos racistas contra uma das crianças e fez vários disparos de tiros, todo mundo escutou”, disse a mãe.

As crianças têm entre 10 e 14 anos. Um Boletim de ocorrência foi registrado na polícia.

“Eu fiquei arrasada, todas as mães ficaram de coração partido com o que ele fez”, completou a mãe de uma das crianças.

Segundo a denúncia, o suspeito foi identificado apenas como Wilson, no Boletim de Ocorrência. Ele seria agente penitenciário no Maranhão e teria usado um revólver para ameaçar os menores de idade. Não foi informado o município maranhense onde o suspeito seria lotado.

“Eu cheguei em casa, eram quase 8 horas da noite, tinhas esses rapazes jogando pedra no pé de manga, pedra batendo em cima da calçada, batendo no portão, e eu disse para eles não jogarem. Um deles, não sei descrever qual, me xingou, mandou eu ‘me lascar’, que eu não mandava em pé de manga, que eles jogavam quantas pedras quisessem, quando eles vieram em minha direção, eu dei um tapa em um, eu tive que usar de uma situação para eles saírem de perto”, disse o suspeito das agressões, em entrevista à Rede Meio Norte.

Carregando