Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Guarda municipal é preso por suspeita de matar um homem em São Luís

A vítima ainda foi socorrida e levada ao Socorrão 1, mas não resistiu aos ferimentos.

O guarda municipal foi preso em flagrante, nas proximidades de onde ocorreu o crime (Foto: Divulgação)

Na madrugada dessa terça-feira (19), um guarda municipal, identificado pelas iniciais A. D. D., de 46 anos, foi preso após atirar contra um homem, na Avenida Luís Rocha, próximo ao Bar do Cidinho, no bairro da Liberdade, em São Luís.

Gerson Jorge Guterres Oliveira, de 39 anos, foi atingido com tiros na região da perna e do abdômen. Ele ainda foi levado ao Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão 1, passou por procedimento cirúrgico, mas não resistiu.

Policiais militares, que estiveram no local do crime, fizeram diligências e conseguiram prender o autor dos disparos ainda em flagrante. O guarda municipal foi reconhecido por testemunhas. Com ele, apreenderam uma pistola marca Taurus e dois carregadores com 21 munições.

Conforme o delegado Ney Anderson Gaspar, titular do 8º Distrito Policial da Liberdade, que investigará o caso, ao ser interrogado no Plantão das Cajazeiras, para onde foi levado depois do crime, o guarda municipal usou seu direito de permanecer em silêncio.

Ainda segundo o delegado, nos próximos dias, serão ouvidas testemunhas e será possível ter mais detalhes sobre a circunstância e motivação do homicídio.

De acordo com levantamento feito pela Polícia Civil, a vítima possuía passagens pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

SEMUSC ACOMPANHA

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc) informou que está acompanhando a investigação realizada pela Polícia Civil. O órgão ressaltou, também, que o servidor da Guarda Municipal de São Luís (GMSL) estava de folga na data da ocorrência.

Carregando