Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Preso um dos suspeitos de envolvimento em latrocínio de sargento da Polícia Militar

Indivíduo teria emprestado o carro, modelo Mobi cinza, aos autores diretos do crime.

Sargento Moisaniel Pinheiro foi morto a tiros (Foto: Divulgação)

Foi preso em flagrante, na quinta-feira (21), um dos suspeitos de envolvimento no latrocínio (roubo que resulta em morte) do sargento da Polícia Militar Moisaniel Jesus Amorim Pinheiro, ocorrido na noite de quarta-feira (20), no bairro do Jardim São Cristóvão, em São Luís.

O militar chegava em casa, quando foi abordado e reagiu ao assalto, sendo atingido com disparos no tórax e na mão.

O suspeito capturado no bairro da Areinha, por policias da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), foi identificado apenas como Maycon César.

De acordo com o delegado Marconi Matos, da SHPP, responsável pelo caso, as investigações apontaram que foi ele quem teria emprestado o carro, modelo Mobi cinza, aos autores diretos do crime.

“Chegamos à placa do veículo, que pertence a uma locadora da capital, e conseguimos a identificação do motorista responsável pelo carro”, explicou, ressaltando que o automóvel já estaria sendo usado para cometer diversos assaltos na cidade.

Em depoimento, Maycon César confessou aos policiais ter emprestado o carro e que ganhava apenas combustível em troca. Horas depois do latrocínio, após ter sido informado pelos autores do que havia acontecido, ele devolveu o automóvel à locadora.

“Ele não possui passagens, mas sabia que estavam usando o carro para cometer os roubos. Ele podia não querer o resultado morte, mas aceitou quando emprestou o carro reiteradas vezes para a pessoa que praticava delitos. Vai responder por latrocínio”, pontuou o delegado.

Agora, a polícia trabalha para prender os suspeitos que estavam no automóvel no momento do crime. Inicialmente, os indícios apontam para duas pessoas, mas esse número pode aumentar.

Depois de interrogado, o preso foi encaminhado ao presídio, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Carregando