Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Câncer de próstata provoca em média uma internação por dia no Maranhão

555 homens foram internados com tumores malignos no estado durante o ano de 2021.

Profissionais de saúde proferiram palestras ontem em São Luís sobre prevenção do câncer (Foto: Gilson Ferreira)

Durante todo o ano de 2021, isto é, de janeiro a este mês, 555 homens foram internados com tumores malignos na próstata, no Maranhão. A informação foi repassada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), durante lançamento da campanha “Novembro Azul”, que ocorreu nessa sexta-feira (5), na Policlínica Diamante, localizada na região central de São Luís.

Ao dividir o número de internações pelo número de dias decorridos do ano, pelos dados da SES, é possível perceber que pelo menos um homem é internado por dia com este tipo de câncer no estado. Já o número de internação por câncer no pênis é de 73.

O câncer de próstata permanece como a neoplasia sólida mais comum e a segunda maior causa de óbito oncológico no sexo masculino.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), estão estimados 68.220 novos casos em 2020, no Brasil, constituindo o tipo de câncer mais incidente nos homens (executados o câncer de pele não melanoma) em todas as regiões do país.

CAMPANHA

Novembro é o mês destinado à conscientização de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. Ontem, devido ao lançamento da campanha, cujo tema é Cuidado & Prevenção & Saúde, foram disponibilizadas 100 vagas do exame Antígeno Prostático Específico (PSA), na Policlínica Diamante, a pacientes de demanda espontânea.

“Neste mês, estamos ampliando a oferta de serviços, tanto nas consultas em laboratórios, quanto na parte cirúrgica. Importante ressaltar que esses serviços já são ofertados durante todo o ano, e desde 2015 o governo do Estado ampliou as ofertas desses serviços não somente em São Luís, como em toda a rede estadual”, frisou Thiago Fernandes, que é secretário adjunto de Articulações Institucionais da SES.

O público-alvo corresponde a homens de 45 anos com casos confirmados de câncer de próstata na família e de 50 anos ou mais que precisem fazer o exame preventivo de rotina.

As ações do Novembro Azul acontecem simultaneamente em todas as unidades da rede estadual de saúde, com ampliação ao acesso a exames e às consultas especializadas em prevenção ao câncer.

Os agendamentos para especialidade de urologia são a partir de encaminhamento pelo clínico geral e são realizados nos canais de atendimento; os exames laboratoriais são realizados na própria unidade em que o urologista faz a solicitação, exames mais complexos e de imagem são agendados via canais de atendimento.

Para agendamento da consulta e/ou exame é necessário procurar um dos canais de marcação e ter em mãos o cartão do SUS, comprovante de residência e cartão de vacinação. Os canais são: App Viva Procon, site www. procon.ma.gov.br, Disque Saúde (3190- 9091) ou presencialmente no Vivas (Beira Mar, Golden Shopping, Shopping da Ilha, Pátio Norte Shopping, Viva BR, Terminal São Cristóvão).

SOBRE O EXAME O PSA

É uma proteína que é produzida pelo tecido prostático. Se o homem tem tecido prostático, tanto benigno como maligno, ele será detectado no exame de sangue. Como a próstata, nos humanos, aumenta de forma benigna com o passar dos anos, o PSA também costuma aumentar. Da mesma forma, o PSA aumenta com o evoluir do câncer de próstata. Assim, com o exame, o urologista é capaz de precisar se a alteração do PSA é por uma causa benigna ou maligna.

Fora da rede pública, o exame é dividido em dois tipos, total e livre. A média de preços para cada um na rede particular é R$ 50,00 no tipo total e R$ 61,00 no livre.

Na rede pública de saúde do Maranhão ambos são ofertados de modo gratuito.

Carregando