Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio domina o jogo e vence o Vila Nova no Castelão

O resultado levou o Tricolor para a 10ª posição, com 46 pontos ganhos, e afastou as chances de rebaixamento. 

Sampaio venceu o Vila Nova por 3x0 no Castelão (Foto: John Tavares)

O Sampaio Corrêa não deu a mínima chance para o Vila Nova, e venceu o confronto disputado na noite desta quinta-feira, no Estádio Castelão, pelo placar de 3×0.

A Bolívia abriu o placar logo aos 3 minutos, com Roney. Na etapa final, sem sofrer sustos, o Sampaio marcou mais dois gols, com Pimentinha e Léo Artur.

O resultado levou o Sampaio Corrêa para a 10ª posição, com 46 pontos ganhos, e afastou as chances de rebaixamento.

O JOGO

A iniciativa do confronto foi da Bolívia, que acuou o Vila Nova no campo de defesa até abrir o placar aos três minutos. Roney finalizou da entrada da área, a bola desviou no jogador adversário e matou o goleiro.

Com a vantagem no marcador, o Sampaio teve mais tranquilidade para tocar a bola e controlar o jogo, sem ser incomodado.

Aos oito minutos, o Tricolor quase aumenta o placar, após o goleiro do Vila sair errado e Ciel dividir a bola, que sobrou para Roney cabecear com perigo por cima do travessão.

Allan Godói também quase marcou, após escanteio cobrado por Pimentinha, mas a cabeçada saiu pela linha de fundo. No lance seguinte, Roney bateu cruzado, rasteiro, e a bola passou rente à trave.

Em uma das poucas tramas de ataque, o Vila Nova conseguiu uma finalização de dentro da área, mas a bola subiu demais.

Ciel teve a sua oportunidade aos 38 minutos, ao receber o passe e bater forte, a bola foi encaixada pelo goleiro.

O Vila Nova tentou equilibrar as ações em campo no início da etapa final, sem conseguir desestabilizar a defesa boliviana.

Perigoso quando chegava ao ataque, o Sampaio não tardou a ampliar a vantagem. Pimentinha recebeu dentro da área e colocou no canto para fazer o segundo do time do povo no Castelão.

O segundo gol não diminuiu o ímpeto do Sampaio, que queria mais. Léo Artur teve duas oportunidades seguidas. Na primeira, recebeu em velocidade e tocou para fora, na saída do goleiro. Na sequência, o meia finalizou forte de fora da área, e a bola raspou a trave.

Mas, depois, não teve jeito. Pimentinha tramou pela direita e serviu Léo Artur, que completou pro fundo da rede.

Léo Artur quase fecha a conta com um golaço no Castelão, ao bater da lateral direita, mas a bola passou por cima do travessão. O resultado já estava garantido e a Bolívia Querida saiu de campo com uma vitória categórica.

O próximo desafio do Sampaio Corrêa será na segunda-feira, no Estádio dos Aflitos, diante do Náutico, às 18h.

Ficha Tricolor

Luiz Daniel, Watson (Maurício), Nilson Jr, Allan Godói e Eder Lima; Betinho, Ferreira©, Eloir (Léo Artur), Roney (Jean Silva), Pimentinha (Gabriel Popó) e Ciel (Jackson).

Carregando