Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Acusado de integrar associação criminosa no Maranhão é preso em Sergipe

Indivíduo participou de ações criminosas audaciosas no Estado.

Viaturas do Grupo de Pronto Emprego (GPE) da Polícia Militar foram mobilizadas para executar operação (Foto: Divulgação)

Um mandado de prisão definitiva foi cumprido contra um homem acusado de integrar uma associação criminosa, com atuação no Maranhão, além de ter envolvimento em roubo circunstanciado. O detido foi preso nessa quinta-feira (11), em Aquidabã, no Sergipe. Ele deve cumprir nove anos de reclusão por esses crimes, e seis anos e três meses de reclusão por posse ilegal de arma de fogo.

J.F.F., no ano de 1997, juntamente com mais cinco indivíduos, todos armados, invadiram o Posto Fiscal II, localizado na BR-010, na cidade de Estreito (MA), e lá efetuaram um roubo.

A ação criminosa teve participação direta de G.C.P, um policial militar na época, que foi o responsável por render outros policiais e funcionários do Posto Fiscal, que estavam de serviço no dia do roubo. Neste assalto, foram roubados R$ 20.316,66.

No dia 25 de maio de 1998, J.F.F participou do roubo a um avião de uma empresa de transporte aéreo. Após decolar do aeroporto de Imperatriz, com destino à cidade de Marabá (PA), o avião foi tomado pela quadrilha, que estava a bordo.

Os assaltantes renderam a tripulação, e, com armas em punho, obrigaram o piloto a desviar o destino para pousar na cidade de Rondon-PA, quando então se apossaram de três malotes de determinado banco, que estavam sob proteção de uma empresa de segurança privada. A soma dos valores nos malotes ultrapassa o montante de R$ 2 milhões.

Neste roubo, houve a participação de 15 pessoas. Ao pousar na cidade de Rondon, haviam caminhonetes com os demais integrantes do grupo, que recolheram o valor subtraído e empreenderam fuga.

J.F.F. foi conduzido ao Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) na cidade de Aracaju-SE e encontra-se à disposição da Justiça.

Carregando