Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Abono do PIS/Pasep começa em breve e vai pagar atrasado de 2021

Reajustado com base no salário mínimo 2022, valor máximo do benefício pode chegar a R$ 1.200

Foto: Reprodução

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), após reunião com empresas e grupo de trabalhadores, decidiu que os repasses do abono salarial PIS/Pasep deste ano foram adiados para 2022. A previsão é de que os trabalhadores receberão o benefício logo no começo de 2022.

A suspensão provisória nos pagamentos teve como motivo o uso dos recurso do benefício para custear outro programa, o BEm (voltado para redução e suspensão da jornada de trabalho). Com a ação, o governo conseguiu economizar cerca de R$ 8 bilhões, recurso que foi destinado à manutenção de empregos pelo BEm.

Com o adiamento do PIS/Pasep, os trabalhadores que estavam esperando receber o abono salarial este ano tiveram o calendário de pagamentos adiado para o começo de 2022. Agora, a liberação dos saques está prevista para acontecer a partir de janeiro ou fevereiro.

Com isso, o calendário de pagamentos do PIS/Pasep só deverá sair a partir de janeiro, logo após o governo analisar as informações recebidas pela Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

O teto do abono será reajustado com base no salário mínimo 2022, previsto para chegar na faixa dos R$ 1.200, após previsões do INPC a 9,1%. Já o valor mínimo será de R$ 100, considerando como este sendo o próximo piso nacional.

Carregando