Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Veja como receber dividendos da Petrobras todo trimestre

O próximo pagamento de dividendos e juros sobre o capital próprio (JCP) da Petrobras acontece em 15 de dezembro

Foto: Reprodução

A Petrobras informou que vai pagar dividendos aos seus acionistas todo trimestre. Essa é apenas uma das novidades na nova política de remuneração aos acionistas divulgada pela Petrobras. A companhia também definiu um valor mínimo anual de US$ 4 bilhões (R$ 22 bilhões, no câmbio atual) a ser distribuído aos investidores.

Esse valor será distribuído independente do nível de endividamento da Petrobras — desde que a estatal mantenha o equilíbrio financeiro. A única condição para o pagamento do dividendo mínimo é a cotação internacional do petróleo do tipo Brent, que precisa ficar acima de US$ 40 durante o ano. Atualmente, o barril negocia na casa dos US$ 80.

Para além do valor mínimo, a Petrobras estabeleceu uma fórmula equivalente a 60% da diferença entre o fluxo de caixa operacional e os investimentos para o pagamento de dividendos.

Nesse caso, porém, a distribuição dos valores só ocorrerá se a estatal tiver lucro acumulado e dívida bruta abaixo dos US$ 65 bilhões.

Ainda assim, a Petrobras deixou em aberto a possibilidade de surpreender os acionistas com dividendos extraordinários mesmo que não tenha lucro ou em casos excepcionais, se a situação financeira da companhia permitir.

As ações ordinárias (PETR3) e preferenciais (PETR4) terão direito aos mesmos dividendos. Mas para isso o pagamento deve ser maior que o valor mínimo para as ações preferenciais previsto no estatuto da companhia.

O documento prevê que as ações PETR4 dão direito a receber dividendos de no mínimo de 5% do capital dessa espécie de ações, ou de 3% (três por cento) do valor do patrimônio líquido da ação — o que for maior.

A mudança na política de dividendos aconteceu em conjunto com o anúncio do novo plano de investimentos da Petrobras para os próximos cinco anos. A estatal prevê investir US$ 68 bilhões em investimentos no período, valor 24% superior ao indicado no plano anterior.

Os investidores reagem bem ao plano de investimentos e de dividendos. Por volta das 15h, as ações PETR4 eram negociadas em alta de 3,91%, a R$ 29,48. Leia também nossa cobertura completa de mercados.

Como receber os dividendos da Petrobras

Para ser acionista da Petrobras e ter direito aos dividendos basta abrir a conta em uma corretora e comprar as ações da estatal:

PETR3: ações ordinárias, que dão direito a voto em assembleias
PETR4: ações preferenciais, que não dão direito a voto, mas têm preferência nos dividendos

O próximo pagamento de dividendos e juros sobre o capital próprio (JCP) da Petrobras acontece em 15 de dezembro. A companhia vai distribuir um total de R$ 63,4 bilhões, o equivalente a R$ 3,250487 brutos por ação preferencial e ordinária.

Ainda dá tempo de garantir esse dinheiro na conta. Mas para isso você precisa ter ações ordinárias ou preferenciais da empresa no dia 1º de dezembro. Os ativos serão negociados “ex-direitos” a partir do dia seguinte.

Mesmo que você não tenha ações da Petrobras, acaba se beneficiando indiretamente dos resultados, já que a maior acionista da companhia é a União, com aproximadamente 37% do capital total.

Carregando