Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Abrir MEI vale a pena? Acabe agora com as suas dúvidas

O capital de giro é uma parte fundamental para abrir qualquer tipo de empresa, até para MEI

Foto: Reprodução

Compensa abrir uma empresa MEI? Pode ser muito interessante dependendo de qual seja a área que deseja atuar. 

Essa modalidade de empresa oferece muitos benefícios para o empreendedor, e não é à toa que teve um crescimento tão acelerado, principalmente nos últimos anos. Muitos dos empreendedores que fazem alguns esforços para iniciar seu próprio negócio, como contratar capital através do empréstimo com garantia, optam por esta modalidade na hora de se formalizar. 

Ainda que não seja interessante para certos trabalhos informais, esta pode abranger todas as áreas do mercado. Entretanto, o MEI é mais utilizado na internet do que em lojas físicas.

Neste artigo, veja quais os motivos de se abrir uma empresa MEI.

O que é?

É a modalidade de empresa mais simples que existe no país. Com essa alternativa, é possível ter um CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) de forma fácil e com baixo custo para formalização. Com esse documento, torna-se capaz de emitir nota fiscal para a venda de suas mercadorias ou prestação de serviço.

Benefícios do MEI

Uma vantagem de ser um microempreendedor é a possibilidade de alcançar mais clientes, se cadastrar em e-commerces e sites que possam disponibilizar seus serviços. Além do MEI permitir que você tenha direito a Previdência Social (INSS) e acesso a crédito para o seu negócio de forma mais rápida.

Para ter os benefícios de ser formal, é preciso pagar um imposto mensal de, aproximadamente, R$50 por mês.

Como abrir um MEI

É possível abrir seu MEI pela internet, através do seu celular ou computador.

Ao acessar o site do Portal do Empreendedor informe:

  • RG;
  • CPF;
  • Título de eleitor;
  • Se você declarou o Imposto de Renda nos últimos 2 anos, é preciso do número do último recibo;
  • Endereço;
  • E-mail;
  • Telefone/celular.

Avalie se abrir MEI vale a pena 

Para entender se é ou não interessante para você abrir uma empresa na modalidade de MEI, será necessário fazer um levantamento de dados referentes a sua atividade rentável.

Nem todo o negócio necessita se oficializar. Para aqueles que trabalham com o varejo direto, por exemplo, é mais vantajoso se manter informal do que obter um MEI. Vendedores de balas ou outros produtos dentro do metrô, ou na rua, não veem tanta necessidade disso, uma vez que o público-alvo destes é qualquer um que passar próximo ao seu ponto de venda.

Além disso, estes não planejam profissionalizar o seu negócio. Seu único desejo é obter a renda mensal para realizar as suas próprias atividades, além de, claro, pagar as contas. Já para aqueles que desejam expandir e tornar sua barraca ou qualquer outro meio informal em algo maior, é extremamente vantajoso procurar pelo SEBRAE e se informar melhor a respeito do MEI.

Abrir uma empresa MEI x abrir uma microempresa

Ainda que o MEI seja interessante, inclusive para aqueles que desejam expandir, o seu dono deve perceber qual o real objetivo da empresa. Se este planeja permanecer com o seu negócio da maneira como está, de fato, o Microempreendedor Individual é mais interessante. 

Entretanto, isto não inviabiliza a expansão. Esta poderá sim ocorrer, mas, para aqueles que planejam crescer, já iniciar como uma microempresa também é uma opção viável dentro do mercado.

Vantagens de abrir uma empresa MEI

Para aqueles que buscam por motivos de abrir uma empresa MEI, estes não são poucos. Este modelo irá agregar, e muito, valor para o seu negócio, possibilitando diversas transações. São estas:

CNPJ

O famoso “RG de empresas” pode ser obtido através do MEI. Assim, transações comerciais empresariais se tornam possíveis, visto que muitos fornecedores oferecem descontos atrativos para aqueles que pretendem comprar utilizando o CNPJ da empresa.

Além disso, outros serviços e até mesmo planos ficam disponíveis. Quando se trata de pessoa jurídica, diversas vantagens se abrem no mercado. Todos olham para as empresas como potenciais clientes fiéis.

Formalização

O MEI oferece a formalização para aqueles que trabalham por conta própria e possuem um faturamento abaixo de R $6.700,00 mensais. Assim, para estes, se torna possível fazer a emissão de notas fiscais.

Para aqueles que possuem uma cartela de clientes interessante, estes sabem a importância de se emitir uma NF, visto que esta é um pré-requisito de diversas transações em nosso país.

Mas não apenas para isto serve o MEI. Ele também garante a isenção dos tributos federais, tais como: PIS, COFINS, IPI, CSLL e imposto de renda.

Simplicidade

Para se abrir um negócio desta modalidade, não é necessário diversos passos com incessantes assinaturas de papeladas que passam a impressão de que nunca irão acabar.

Sequer é necessário possuir um contador para conseguir criar a sua organização através do MEI.Os processos deste são muito mais simples do que  os outros modelos empresariais, permitindo ao empreendedor que possa começar as suas atividades de maneira muito mais rápida.

Desvantagens de abrir uma empresa MEI

Assim como tudo neste mundo, o MEI também possui desvantagens. Mesmo que seus prós sejam extremamente favoráveis ao dono do negócio, é necessário estar atento aos contras. São estes:

Teto de faturamento curto

Um dos problemas que mais incomodam aqueles que desejam expandir através do MEI é, sem sombra de dúvidas, o teto de faturamento, que se vê preso ao valor máximo de R $81.000,00 anuais.

Uma microempresa pode chegar a até, no máximo, R $360.000,00 anuais de faturamento. Valor este que é muito mais expressivo do que o de alguém que possui uma MEI.

É individual e somente isso

Como a própria sigla sugere, o MEI se trata de um Microempreendedor Individual. Portanto, se você deseja possuir um sócio oficial, deverá procurar outro modelo de empresa.

Este fato também é influenciado pelo faturamento limitado. Uma sociedade precisa ser muito mais rentável do que um negócio único. Além de que, esta terá uma taxa tributária diferente de um MEIO, visto que o investimento de duas pessoas, em grande parte dos casos, será maior do que somente uma.

Portanto, para aqueles que procuram criar uma sociedade ou procuram por investidores para se associarem às suas ideias, o planejamento deve ser feito em um cenário onde sua empresa seja uma microempresa ou uma empresa de pequeno porte.

Uma única mão

Para aqueles que procuram abrir uma empresa MEI, é permitido ter sob seu comando somente um único funcionário, e este não pode ter um salário superior ao piso de sua área.

Portanto aqui, é permitido ter ajuda, mas, se o seu produto demanda diversos processos e você precisaria contar com uma equipe para poder utilizá-lo e produzi-lo, abrir um MEI pode não ser a melhor escolha.

Consiga capital de giro para abrir seu negócio 

O capital de giro é uma parte fundamental para abrir qualquer tipo de empresa, até para MEI. Por isso, se você já tem um planejamento, sabe o tipo de negócio em que deseja investir, mas não tem o recurso para começar, procure apoio. 

É comum precisar de uma ajudinha para alavancar um negócio. Nesse caso, faça uma boa pesquisa, encontre uma empresa de crédito confiável e realize um empréstimo com garantia de imóvel, esse pode ser o primeiro passo para o sucesso do seu negócio como MEI.

Carregando