Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Quatro jovens são executados a tiros dentro de casa em Lago da Pedra

Um grupo de aproximadamente cinco homens adentrou no local e cometeu a chacina.

Os quatro jovens foram executados com diversos disparos dentro de casa (Foto: Divulgação)

Quatro jovens, identificados como José Monteiro da Silva Neto, Lucas da Silva Moura, André da Silva Conceição e Davi da Silva Santos foram mortos a tiros na madrugada desse sábado (4), por volta de 00h20, em uma casa da Rua São Vicente, no bairro Vieira Neto, em Lago da Pedra, distante 304 km de São Luís.

Segundo informações, um grupo de aproximadamente cinco homens adentrou no local e cometeu a chacina. A suposta motivação do crime seriam conflitos entre facções criminosas, pelo controle do tráfico de drogas em Lago da Pedra. De acordo com a polícia, a casa onde estavam as vítimas era um local de comercialização de entorpecentes.

No local, foram encontrados cinco papelotes de maconha, que servem de embrulho para drogas; duas cadernetas de anotações com lucros obtidos nas vendas; e uma sacola com materiais de uso em embalagens de entorpecentes.

Outra informação é que uma das vítimas trabalhava em um supermercado, mas teria envolvimento com drogas. No local da chacina, segundo testemunhas, havia sinais de arrombamento nas portas de entrada e de um dos quartos.

Lucas da Silva Moura foi atingido com oito disparos de arma de fogo, Davi da Silva foi encontrado com três perfurações pelo corpo, André da Silva foi atingido duas vezes, e José Monteira recebeu quatro tiros.

Não foram encontradas armas com as vítimas, e seus celulares foram roubados. Haviam carregadores de celulares nas tomadas da casa. As cápsulas dos disparos de arma de fogo também foram retiradas do local do crime.

Outra informação que está sendo apurada é a presença de duas mulheres na residência, na companhia das vítimas, quando os suspeitos chegaram. Os autores dos disparos não mataram as duas mulheres, mas as levaram com eles, e as deixaram em outro lugar da cidade.

A Polícia Militar pediu o reforço de destacamento de policiais de cidades próximas para Lago da Pedra. Até o momento, os assassinos ainda foram localizados.

A PM informou também que, como não tem equipe da Polícia Civil em Lago da Pedra, que esteja disponível no fim de semana, os corpos foram retirados da casa, sem que houvesse a perícia. A investigação desse caso será iniciada pela Polícia Civil de Pedreiras.

Carregando