Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

PM prende trio que roubou quase R$ 150 mil de um homem em banco de São Luís

Entre esse e outros assaltos, os suspeitos já tinham levantado o montante de R$ 400 mil.

Trio preso suspeito por assalto a funcionário de posto, que transportava quase R$ 150 mil (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – Nessa quinta-feira (9), a Polícia Militar prendeu três dos quatro envolvidos no roubo de quase R$ 150 mil de um funcionário das redes de postos de combustíveis Natureza, no estacionamento do banco do Itaú, na Rua de Santana. O crime ocorreu na tarde do dia 30 de novembro.

As prisões aconteceram na comunidade do Alto São Sebastião, no Polo Coroadinho, e foram feitas durante a operação da Força Tarefa “Ilha Segura”, da Polícia Militar, comandada pelo coronel Marques Melo.

Os suspeitos presos foram identificados como “Júnior Baby”, Jhonys de Jesus dos Santos, o “Kiko”; e Alex dos Santos Medanha, também conhecido como “Gugu”. A polícia chegou a procurar por Ivanilson Campos Sousa, mas não o encontrou em sua residência.

De acordo com o comandante da Força Tarefa, coronel Marques Neto, desde o dia do roubo, os envolvidos neste crime estavam sendo monitorados pela Polícia Militar.

“Os três suspeitos estavam em suas residências, no Coroado. Foram apreendidas duas pistolas ponto 40, com numerações raspadas, além de oito munições do mesmo calibre. Com o dinheiro do roubo, os suspeitos compraram duas motocicletas, modelo Twister; duas casas, dois terrenos, além de móveis e aparelhos eletrônicos”, disse Marques Neto.

Segundo o coronel, uma das pistolas e munições estavam com “Júnior Baby”. Com a sua parte do dinheiro do assalto, ele comprou um balcão de cozinha, uma mesa com quatro cadeiras, um fogão de quatro bocas, um guarda-roupa, uma geladeira e uma TV 43 polegadas de LED. Notas fiscais das compras destes itens foram encontradas pela polícia na residência de Ivanilson, localizada na Rua Portugal.

Ivanilson não estava em casa, quando os policiais chegaram ao seu imóvel. Na residência de Alex dos Santos, localizada na Rua Carlos Vasconcelos, a polícia informou ter encontrado uma moto Twister 250, de cor vermelha, e placa PST-4051; uma TV 50 polegadas e uma caixa de som da marca Mondial.

Alex confessou aos policiais que também comprou uma pistola, mas que estaria na casa de Jhonys. A polícia foi então ao local indicado e encontrou ele e a arma de fogo, com um carregador e três munições.

O coronel Marques Neto informou que os suspeitos já tinham cometido outros assaltos, e que a soma dos crimes resultou no roubo de R$ 400 mil.

“São pessoas que têm históricos de prisões. Inclusive, um deles tinha um mandado de prisão em aberto, sendo que esta é uma informação do próprio preso, que ainda será verificada. Os detentos são envolvidos em facções criminosas”, destacou Marques Neto.

O coronel disse ainda que o trio confessou o roubo cometido no estacionamento do banco, e, inclusive, contou à Polícia Militar, onde foram comprados os terrenos com o dinheiro.

Os três presos foram autuados em flagrante na Delegacia de Roubos e Furtos, na Vila Palmeira, tendo sido levados posteriormente para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

RELEMBRE O CASO

A vítima, segundo informações da polícia, é um funcionário do Posto Natureza. Ela foi à agência bancária para fazer o depósito do dinheiro, que estava dividido em duas mochilas.

Ao descer do carro, já no estacionamento, o homem foi abordado pelos suspeitos, que chegaram em um veículo Corsa Classic, placa NHH-3285, cor cinza. Eles estavam armados, com rostos cobertos por capuzes e usando coletes balísticos.

Carregando