Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Veja 5 dicas para estudar em casa e manter a concentração

Os cursos a distância (EAD) têm ganhado cada vez mais popularidade no Brasil

Foto: Reprodução

Os cursos a distância (EAD) têm ganhado cada vez mais popularidade no Brasil. O motivo é que a modalidade permite que o ensino seja mais acessível, facilitado e com horários flexíveis, proporcionando aos estudantes uma liberdade para fazer os seus próprios horários de estudos.

Apesar das vantagens, o modelo também impõe desafios aos alunos, uma vez que nem todos têm facilidade para lidar com a autonomia que as atividades remotas proporcionam. Pensando em facilitar a rotina de estudos de seus alunos, a gerente de empregabilidade Cecília Barçante, elencou algumas dicas que podem auxiliar os estudantes a tornarem o EAD mais fácil e produtivo:

1 – Organize sua agenda: Assim como no ensino presencial, é fundamental que os estudantes separem um tempo em sua agenda para assistir as aulas e fazer as atividades. Afinal, é preciso criar uma rotina e evitar a ideia de deixar para a última hora a realização das tarefas.

2 – Tenha disciplina: Para muitas pessoas, o principal problema do EAD é o excesso de autonomia. Por isso, é importante manter o foco e a disciplina. Estudar, assim como trabalhar e realizar atividades pessoais, deve ser encarado como uma prioridade.

3 – Estabeleça metas e objetivos: Estabelecer metas e desafios são estratégias que ajudam o estudante a entender quais são as suas prioridades e o que ele deve fazer para alcançá-las. Faça um cronograma de estudos e estabeleça metas diárias.

4 – Arrume o seu espaço de estudos: Estudar em casa pode significar improviso e adaptação, afinal, nem todo mundo tem um espaço específico para os estudos. Mesmo assim, é preciso observar alguns aspectos para que se consiga manter a concentração. Mantenha o ambiente sempre limpo e organizado e deixe a mão tudo o que você precisa.

5 – Evite distrações: No EAD, a tecnologia tem sido a maior aliada dos estudantes. No entanto, é preciso dosar a utilização dela em aplicativos de mensagens e redes sociais para evitar distrações.

Carregando