Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Flávio Dino entregará o comando do Estado para Carlos Brandão em 31 de março

Governador é pré-candidato ao Senado da República, e afirmou que ainda cumprirá uma vasta agenda de trabalho.

PSB fará evento nacional de filiação de Carlos Brandão, que concorrerá à sucessão do governador Flávio Dino (Foto: Divulgação)

O governador Flávio Dino confirmou que deixará o governo do Maranhão até o dia 31 de março, “prazo legal para a desincompatibilização” para ocupantes de cargos públicos que desejam disputar as eleições de 2022. Dino é pré-candidato ao Senado da República.

O governador fez o anúncio durante entrevista a uma rede de televisão local. Dino afirmou que até essa data cumprirá uma vasta agenda de trabalho e que ainda tem “umas 300 obras para inaugurar” em vários municípios maranhenses.

Na entrevista, o governador cobrou um engajamento maior de todo o seu secretariado nessa reta final de governo.

Com a desincompatibilização de Flávio Dino, o vice-governador Carlos Brandão, portanto, assume o governo do Maranhão no dia 31 de março, e deve disputar a reeleição no cargo, no qual permanece até o dia 31 de dezembro de 2022. Caso seja reeleito, assume o segundo mandato em 01 de janeiro de 2023.

Carregando