Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Morre em São Luís o ex-secretário Canindé Barros

O ex-secretário da SMTT era um dos alvos de investigação da CPI dos Transportes na Câmara de São Luís

Foto: Reprodução

SÃO LUÍS – Faleceu neste domingo (26), aos 70 anos, o ex-secretário municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Canindé Barros. Ele enfrentava vários problemas de saúde, dentre eles insuficiência renal. Canindé estava internado há mais de três meses no Hospital São Domingos e a causa da morte foi insuficiência renal. Ele deixa a esposa Sônia Barros e quatro filhos.

Secretário de Trânsito e Transportes na gestão de Tadeu Palácio (2004/2008), na gestão de João Castelo (2012) e na gestão de Edivaldo Holanda Júnior (2015 a 2020), Canindé também tentou ser vereador por São Luís e deputado estadual.

O ex-secretário da SMTT era um dos alvos de investigação da CPI dos Transportes na Câmara de São Luís. Chegou a ser convocado para depor na última semana, mas já com problemas de saúde não pôde comparecer.

A família emitiu há pouco uma nota. Veja abaixo a íntegra:

“É com muito pesar que a família de Francisco de Canindé Barros informa o seu falecimento, ocorrido às 7:40 deste domingo (26), no hospital São Domingos, devido a uma insuficiência renal. Canindé foi Secretário de Trânsito e Transportes desde a gestão de Thadeu Palácio, passando por Castelo e Edvaldo Holanda. Barros tinha como principal característica pública o olhar sensível para comunidades carentes e considerava que o trabalho técnico estava acima de qualquer questão ideológica partidária. Ele deixa viúva Sônia Barros e quatro filhos.
O velório ocorrerá na Pax União do Canto da Fabril, e o sepultamento será nesta segunda-feira (27), às 16:00h, no Cemitério do Vinhais.”

Carregando