Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Câmeras flagraram ação do suspeito que matou empresário em Bacabeira

Indivíduo chegou ao local trajando calça jeans, camisa manga comprida cinza, máscara preta e de boné.

“Felipe do Gás” foi executado a tiros, no interior de um posto de sua propriedade (Foto/ Reprodução/Instagram)

Na noite de terça-feira (28), o empresário Felipe Faccina Goulart, conhecido como “Felipe do Gás”, foi executado a tiros em um de seus postos de combustível, localizado às margens da BR-135, no município de Bacabeira, distante 60 km de São Luís. Imagens de uma câmera de segurança do estabelecimento flagraram o crime, ocorrido por volta às 20h24.

Nas imagens, a vítima aparece conversando com dois funcionários e, em seguida, segue para a guarita do posto. Logo depois, é possível ver o suspeito, trajando calça jeans, camisa manga comprida cinza, máscara preta e de boné, chegando andando ao local.

O homem passa pelos funcionários, gesticula para os dois, que, ao perceberem que o indivíduo estava armado, saem correndo. Ele se dirige até a guarita e efetua vários disparos contra o empresário, que morre na hora.

“Felipe do Gás” era proprietário de outros postos de combustível, nos municípios de Rosário, Presidente Juscelino e Barreirinhas.

Segundo informações do delegado Ivônio Ribeiro, titular da regional de Rosário, foram encontrados dois projeteis deflagrados, possivelmente de uma pistola ponto 40. Oito pessoas prestaram depoimentos e, até o momento, a polícia não identificou o autor nem a motivação da execução.

Uma equipe da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) também foi encaminhada a Bacabeira, para auxiliar nos primeiros levantamentos sobre o caso.

Carregando