Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Unidade de Acolhimento Estadual abre “Janeiro Branco” com palestra de psicólogo

Participação do profissional foi essencial para este começo de ano, justamente por representar um recomeço, um novo ponto de partida.

Abertura da Campanha “Janeiro Branco”, na Unidade de Acolhimento do Estado (Foto: Divulgação)

Na manhã dessa quarta-feira (5), a Unidade de Acolhimento (UA) Estadual, que é gerenciada pelo Instituto Vida e Saúde (Invisa), realizou a abertura de sua programação de atividades referentes à Campanha “Janeiro Branco”. Na ocasião, foi realizada uma palestra educativa com o convidado Vitor Santos, que é psicólogo clínico, hospitalar e especialista em tanatologia.

Segundo a coordenadora da UA, Enfermeira Daiane de Oliveira Costa, especialista em urgência e emergência e saúde mental, a participação do psicólogo Vitor Santos foi essencial para este começo de ano, justamente por representar um recomeço, um novo ponto de partida.

Nas palavras do psicólogo: “é fundamental que o profissional traga novas percepções, informações e reflexões frente à existência desta pessoa”.

Vitor Santos ressaltou, ainda, a importância de verbalizar coisas boas para este novo ano, que começou; e como isso motiva e cura a si mesmo e aos outros, principalmente se tratando da dependência química.

“Tive a oportunidade de expressar sobre os efeitos que a dependência de substâncias psicoativas possui na saúde mental. Falar sobre como a dependência se estrutura, que efeitos no contexto biológico, psicológico e social de quem está passando por esse momento, que condutas, que postura essa pessoa pode realizar para que consiga ressignificar a sua vida. E o mais importante, trazer a percepção de autorresponsabilidade como um fator motivador e norteador de superação. Foi extremamente proveitoso e rico ter participado de um momento como este”, afirmou o psicólogo.

Segundo Daiane de Oliveira Costa, a UA é um serviço da Rede de Atenção Psicossocial(Raps), ligado diretamente ao Caps-AD Estadual, para tratamento dos dependentes de substâncias psicoativas, que fazem opção por um tratamento integral de caráter voluntário. Atualmente, conta com 11 acolhidos do sexo masculino.

A palestra educativa contou ainda com a presença dos familiares e participação dos colaboradores da UA, como equipe multiprofissional, com o objetivo de chamar atenção para as questões e necessidades relacionadas à saúde mental e emocional da população.

A Unidade de Acolhimento Estadual está instalada na Rua dos Acapus, nº 24, quadra 77 – Jardim Renascença I.

Carregando