Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

São Luís passa a contar com quatro ambulatórios para Síndromes Gripais

Os documentos necessários para atendimento são documento oficial com foto e Cartão do SUS

Foto: Reprodução

SÃO LUÍS – Começaram a funcionar, nesta segunda-feira (10), os quatro ambulatórios de Síndromes Gripais Leves disponibilizados à população da capital maranhense pelo Governo do Estado. Os equipamentos atendem pessoas sintomáticas e têm o objetivo de facilitar o atendimento da população e, além disso, evitar aglomerações nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

“Já estamos colocando em prática medidas para ampliar a assistência a pacientes com sintomas de síndrome gripal. A nossa intenção é oferecer atendimento digno e orientar a população quanto aos cuidados que devem ser tomados”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, que anunciou, neste fim de semana, uma série de medidas para atendimento a pacientes com as síndromes gripais no Maranhão.

Os ambulatórios estão funcionando no IEMA Rio Anil (antigo Cintra), localizado na Rua da Companhia, nº 01 – Anil; no Centro Educa Mais Padre José Bráulio Sousa Ayres, situado na Rua Nove nº 2069, na Cidade Olímpica; no Centro Educa Mais Domingos Vieira Filho, na Av. 06, s/n – Maiobão, Paço do Lumiar e no Hospital Aquiles Lisboa, localizado no bairro da Vila Nova, região do Bonfim.

“Essa iniciativa faz parte de um conjunto de ações dentro da rede pública na capital e no interior do estado. São ambulatórios para tratar pacientes com sintomas leves de síndrome gripal. No atendimento ambulatorial, o paciente vai passar por um teste para ver se é Covid-19 ou outra doença e, de acordo com a orientação médica, ele vai ser medicado e orientado. Em casos mais graves, o paciente deverá ser encaminhado para uma das UPAs”, explica o presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), Marcos Grande.

Para o atendimento, as unidades contam com médicos, enfermeiras e técnicas de enfermagem da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH). Os documentos necessários para atendimento são documento oficial com foto e Cartão do SUS.

Carregando