Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Servidora da Justiça é encontrada morta no próprio apartamento

Namorado foi preso como principal suspeito do crime.

Servidora da Justiça de SC foi morta por asfixia (Foto: Redes sociais/Divulgação)

Um caso de feminicídio foi registrado na cidade de Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina. A vítima é uma mulher de 35 anos, que foi encontrada morta no seu próprio apartamento.

De acordo com a polícia, um laudo pericial preliminar indica que Indira Mihara Felski Krieger, servidora da Justiça em Itajaí, foi  morta por asfixia.

O principal suspeito do crime é o namorado da vítima. Ele foipresona madrugada dessa segunda-feira, 10, ao se apresentar na Central de Plantão Policial de Balneário Camboriú.

A polícia informou que o suspeito tem 28 anos, e já possuía histórico de violência doméstica, além de passagem pelo sistema prisional.

No prédio onde a vítima morava, a polícia recolheu imagens do circuito interno do estacionamento do edifício. O namorado foi identificado em um dos vídeos saindo do local com o veículo de Indira.

No domingo (9), o carro da vítima foi encontrado pela polícia no estacionamento de um motel, em Balneário Camboriú, mas o indivíduo não estava lá. O veículo foi apreendido. Horas depois, o investigado se apresentou à polícia acompanhado de uma advogada.

O casal estava junto há quatro meses, conforme informações de familiares.

Carregando