Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Operação prende casal que usava foto do presidente do TJ-MA para aplicar golpes

As vítimas eram prefeitos, secretários e ex-gestores de municípios maranhenses.

Material apreendido com o casal preso, durante operação na cidade de Goiânia (Foto: Divulgação)

Uma operação da Polícia Civil, por meio do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT), da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), realizada nessa terça-feira (8), em conjunto com a Segurança Institucional do Tribunal de Justiça do Maranhão, resultou na prisão de um casal que, há pelo menos dois meses, estava aplicando golpes em prefeitos, secretários municipais e ex-gestores do interior do estado.

A dupla usava a foto do desembargador Lourival Serejo, presidente do TJ-MA, para pedir dinheiro às vítimas. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em uma residência e um lava a jato, no município de Santa Inês.

As prisões de Dinomarkes Camargo da Silva e Shirley Nunes da Silva foram feitas na cidade de Goiânia, com apoio da Polícia Civil de Goiás.

Nos locais alvos da operação, foram apreendidos diversos materiais, entre eles celulares e o moldem da internet usado nos golpes.

Segundo o delegado Ederson Martins, titular da Seic, o homem preso era o líder da organização que atua em todo o país. A mulher dele o auxiliava nos golpes.

“Foi encontrado com eles uma lista de nomes de políticos do Maranhão dos quais, com certeza, iriam tentar tirar dinheiro”, explicou o delegado.

VÁRIAS VÍTIMAS

Ao Jornal Pequeno, o titular da Seic disse que ainda não é possível apontar os valores que o grupo conseguiu subtrair, nem quantas pessoas foram vítimas.

“De cada vítima pediam 3 a 4 mil. E foram muitas pessoas”, ressaltou o delegado.

De acordo com as investigações, os criminosos já possuem passagem pela polícia por crimes como estelionato, roubo e tráfico de drogas. Uma terceira pessoa, também com mandado expedido, ainda não havia sido presa até o início da noite dessa terça-feira.

Carregando