Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Empresário é suspeito de matar estudante de medicina por estrangulamento

O suspeito de ter cometido o crime é o namorado dela, um empresário, que estava em um relacionamento há um mês com a vítima

Mariana Thomaz de Oliveira foi morta por estrangulamento (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Uma estudante de medicina foi encontrada morta nesse sábado, 12, em um apartamento na orla do Cabo Branco, em João Pessoa-PB. A vítima possuía sinais de estrangulamento, de acordo com a Polícia Civil.

O suspeito de ter cometido o crime é o namorado dela, um empresário, que estava em um relacionamento há um mês com a vítima.

Mariana Thomaz de Oliveira tinha 25 anos, e era natural do Ceará. Ela estava na Paraíba para cursar a graduação de medicina. De acordo com a polícia, o suspeito fez uma ligação para a central informando que a jovem estava tendo convulsões.

Após exames, a perícia confirmou a esganadura, e o empresário foi preso preventivamente. Ele não teve o nome divulgado.

A polícia ainda informou que o suspeito já tem outras três acusações pela Lei Maria da Penha por agredir três mulheres diferentes.

Carregando