Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Síndico leva soco e vai parar na UTI após desentendimento com morador

O agressor foi identificado como Henrique Paulo Sampaio Campos, 49 anos, professor de artes marciais

Foto: Reprodução

Um desentendimento entre um síndico e um morador de um conjunto residencial em Águas Claras (DF) acabou virando caso de polícia. Wahby Khalil, de 42 anos, síndico do residencial, discutiu com um morador sobre um saco de boxe na academia coletiva. O episódio aconteceu dentro do Residencial Luna Park. O agressor foi identificado como Henrique Paulo Sampaio Campos, 49 anos, professor de artes marciais.

Wahby Khalil tentou argumentar sobre os problemas causados pelo equipamento esportivo e acabou levando um murro na cara, chegando a cair desacordado no chão.

“Fui mostrar para o morador que o saco de boxe que ele usa estava danificando o teto. Eu disse que levaria para a assembleia para a gente modificar aquilo. Só que ele, completamente transtornado, começou a falar alto e a gesticular. Eu pedi para ele se acalmar, quando ele me deu a porrada”, contou o jornalista ao portal Metrópoles.

Pelas imagens do circuito interno de monitoramento, Khalil leva o soco, cai no chão e permanece sem se mover por alguns segundos. Ele não recebe ajuda do agressor ou do funcionário do condomínio.

Socorrido, ele foi levado ao Hospital Santa Lúcia onde foi internado na UTI. Ele está lúcido mas segue em observação pois os médicos detectaram uma hemorragia cerebral.

Carregando