Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Projeto destina 85% do fundo de segurança pública para piso salarial de policiais

Lei atual prevê diversas destinações para os recursos do fundo, como a construção de delegacias e a compra de equipamentos

Foto: Reprodução

O Projeto de Lei 421/22 determina que os recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) serão usados exclusivamente para subsidiar o piso nacional dos bombeiros e policiais dos estados (85% do montante) e programas habitacionais para profissionais da segurança pública (15%).

A proposta, em tramitação na Câmara dos Deputados, insere a medida na lei que trata do FNSP (Lei 13.756/18). A lei prevê hoje diversas destinações para os recursos do fundo, como a construção de delegacias, a compra de equipamentos e a capacitação dos profissionais.

“Não adianta investir em outros itens se não investirmos no principal: nos nossos policiais”, argumenta o deputado Capitão Augusto (PL-SP), autor do projeto.

Além de alterar as regras de destinação, a proposta proíbe o contingenciamento dos recursos do fundo, cujo orçamento em 2022 é de R$ 1,97 bilhão.

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Carregando