Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia Civil investiga desaparecimento de advogado

Raimundo Siqueira estava na companhia de um policial em um veículo, modelo S10, encontrado carbonizado.

Polícia Civil investiga desaparecimento do advogado Raimundo Siqueira (Foto: Reprodução/ WhatsApp)

Um advogado, identificado como Raimundo José Costa Siqueira, de 41 anos, está desaparecido desde a noite da última quarta-feira (06) no Piauí. Há a informação de que ele tenha sido supostamente assassinado a tiros na zona rural de Luís Correia, no litoral piauiense, mas essa hipótese não foi confirmada oficialmente pelas autoridades policiais responsáveis pelo caso.

No dia do desaparecimento, a vítima estava na companhia de um policial em um veículo, modelo S10, encontrado carbonizado em uma região de mata na zona rural da cidade, nas proximidades da divisa entre o Piauí e o Ceará, mas sem o corpo dentro.

De acordo com o Portal Meio Norte, o advogado estava no carro com o policial, trafegando em uma estrada vicinal entre o Piauí e o Ceará, quando, por volta das 20 horas da quarta, teriam sido abordados por quatro pessoas que se diziam policiais, armados com armas de grosso calibre. Essas pessoas teriam mandado eles saírem do veículo e o policial que estava com o advogado foi obrigado a colocar sua arma no capô do carro.

Na sequência, segundo apurou o Meionorte.com, Raimundo José Costa Siqueira teria sido baleado com pelo menos três tiros, sendo 2 no peito e 1 na cabeça, vindo à óbito e o corpo levado pelos criminosos.O policial foi alvejado na perna e conseguiu se abrigar em uma mata local, de onde pediu carona na manhã seguinte e procurou a base da Ciptur, recebendo os primeiros socorros.

Essa versão foi apresentada pelo policial durante seu depoimento à polícia. Além disso, a família também descartou para a reportagem sobre as informações do achado de corpo que surgiram logo após a repercussão do caso.  Raimundo José Costa Siqueira já tinha passagens pela polícia por falsidade ideológica e estelionato.

A Polícia Civil disponibilizou o contato da Delegacia de Luís Correia para quem tiver informações sobre o caso, através do número (86) 99843-5039.

Carregando