Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Preso suspeito de matar ex-companheira na frente dos filhos em Itapecuru-Mirim

A mulher levou duas facadas e morreu no local.

José Carlos disse que não lembra o motivo pelo qual matou Lucicleide da Silva (Foto: Divulgação)

O homem, identificado apenas como José Carlos, suspeito de assassinar a ex-companheira a facadas, na noite do último domingo (3), no povoado Estopa, zona rural da cidade de Itapecuru-Mirim, foi preso por policiais militares quatro dias depois do crime. Lucicleide da Silva, de 36 anos, foi morta na frente dos filhos. O casal estava separado há alguns meses, mas ele não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com as investigações, o suspeito já a havia ameaçado várias vezes. Os dois viveram juntos por 16 anos e possuem sete filhos.

No dia da ação criminosa, a vítima estava a caminho de casa quando foi surpreendida pelo autor, que a acertou com golpes no pescoço e no tórax.

Segundo a PM, nessa quinta-feira (7), familiares dele informaram à equipe da Força Tática que o homem estava em uma área de matagal e que iriam entregá-lo. Os policiais foram ao endereço indicado, onde o mesmo foi encontrado e, em seguida, levado à delegacia da cidade.

No local, durante entrevista à imprensa, José Carlos disse que estava bêbado e não se lembrava do motivo do crime. “Não planejei nada não. Foi uma coisa que aconteceu sem eu imaginar. Agora, eu vou ‘puxar minha cadeia’. Me arrependi, mas agora não tem mais jeito”, relatou.

Carregando