Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Jagunços invadem assentamento em Balsas e ateiam fogo na casa de camponeses

Durante a ação criminosa, os bandidos agrediram uma mulher, que chegou a ser atingida com um tiro de raspão.

Jagunços atearam fogo na casa de camponeses (Foto: Divulgação)

Jagunços armados invadiram o Projeto de Assentamento Gado Bravinho, no município de Balsas, Sul do Maranhão, e incendiaram a casa do presidente, Sr. Raimundo de Assis. Durante a ação criminosa, os bandidos agrediram a esposa dele, que chegou a ser atingida com um tiro de raspão. As informações são do advogado Diogo Cabral, da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras do Estado do Maranhão (Fetaema).

O ato criminoso ocorreu na noite dessa segunda-feira, 11, quando quatro indivíduos, armados e encapuzados, invadiram a localidade à procura de Raimundo de Assis. Em seguida, espalharam gasolina pela casa e tocaram fogo, queimando roupas, cama e rede, além de alimentos da família.

As vítimas informaram que já haviam registrado Boletim de Ocorrências, no mês de março, denunciando ameaças de morte.

“Vários registros de ocorrência policial foram registados pelos trabalhadores, inclusive um no último dia 30.03.2022. Além disso, a Fetaema e o STTR de Balsas realizaram denúncias sobre o conflito junto à COECV e Ministério Público Federal de Balsas-MA”, frisou o advogado Diogo Cabral.

O Grupo de Operações Especiais (GOE) foi acionado se deslocou até a comunidade para proteger os moragores da região.

Carregando