Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Funcionários da limpeza de hospitais entram em greve na cidade de São Luís

Sindicato afirmou os salários deveriam ter sido depositados no início do mês, e ainda não foi feita nenhuma sinalização sobre o pagamento.

Funcionários da limpeza que atuam em hospitais municipais entraram em greve (Foto: Divulgação)

O Sindicato de Asseio e Conservação de São Luís informou, nesta segunda-feira, 18, que funcionários do setor de limpeza de alguns hospitais do município entraram em greve por atrasos de pagamento.

O movimento paredista envolve cerca de 200 funcionários das seguintes unidades de saúde: Socorrão II, Hospital da Mulher e da Criança, além das unidades mistas da capital.

O sindicato afirmou os salários deveriam ter sido depositados nas contas dos funcionários no início do mês de abril, e ainda não foi feita nenhuma sinalização sobre a data do pagamento.

A empresa Maxtec, terceirizada que presta o serviço de limpeza, informou que não recebe os repasses da Prefeitura de São Luís há cinco meses, fato que vem inviabilizando o pagamento dos funcionários.

No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) afirmou que o atraso de cinco meses não procede, e ressaltou que não foi comunicada sobre qualquer paralisação de atividades dos funcionários de limpeza. Mas garantiu que manterá contato com a empresa para que o serviço na rede pública de saúde não seja prejudicado.

Carregando