Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Dupla é presa por participação na decapitação de homem em Humberto de Campos

A vítima teve a cabeça colocada dentro de um balde e deixada na areia da praia.

Dupla presa por suspeita de envolvimento em crime registrado na Ilha de Carrapatal (Foto: Divulgação)

Na tarde de terça-feira (26), policiais militares conseguiram localizar e prender dois dos envolvidos na execução brutal ocorrida na Ilha de Carrapatal, na cidade de Humberto de Campos, na manhã da última segunda-feira (25). A vítima, identificada como Gerson Reis Santos, de 31 anos, conhecido como “Leite”, foi degolada, teve a cabeça colocada dentro de um balde e deixada na areia da praia.

José de Ribamar Rodolfo Santos e Eric Marly Marques Coutinho foram capturados na cidade de São José de Ribamar, para onde fugiram, junto com o grupo composto por mais de dez faccionados, responsável pelo homicídio.

De acordo com o superintendente de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), delegado George Marques, o crime foi motivado por vingança, pelo fato de a vítima ter assassinado, em 2018, em São José de Ribamar, um homem conhecido como “Barão” e a mulher dele, que estava grávida.

Conforme a polícia, foi o filho de “Barão”, identificado como Wgadson Santos Barros, foi quem liderou essa espécie de caçada contra Gerson. Todos eles são integrantes da facção Bonde dos 40.

“Foram identificados três, dois já foram presos e vamos trabalhar para identificar os demais. Também já representamos pela prisão preventiva do terceiro, que liderou o crime, e esperamos cumpri-la nos próximos dias”, destacou o delegado.

Ainda de acordo com George, os dois presos foram reconhecidos pela mulher de Gerson, que chegou a ser ameaçada pelos suspeitos. Um deles, inclusive, usava tornozeleira eletrônica. Ele negou participação, mas a localização do aparelho confirmou, segundo a polícia, que ele esteve na Ilha no momento da ação criminosa.

O CRIME

Na manhã de segunda-feira (25), o grupo, formado por mais de dez pessoas, chegou à Ilha de Carrapatal em uma embarcação do tipo biana, onde iniciaram as buscas pela vítima e ‘tocaram’ o terror nos moradores.

Gerson Reis Santos, de 31 anos, foi morto com requintes de crueldade. Ele foi degolado e teve sua cabeça deixa em um balde.

Após o crime, o grupo saqueou várias residências. Eles fugiram levando vários pertences de pessoas da região, entre eles um congelador e cadeiras.

Carregando