Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Morre em São Luís o presidente do Imesc, Hiroshi Matsumoto

Nascido em 19 de março de 1950, em São Paulo, Hiroshi Matsumoto veio para o Maranhão em 1973

Foto: Reprodução

SÃO LUÍS – Faleceu nessa sexta-feira (29), o presidente do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), Hiroshi Matsumoto. O velório está sendo realizado na Pax União, no centro da capital, até às 15h.

Nascido em 19 de março de 1950, em São Paulo, Hiroshi Matsumoto veio para o Maranhão em 1973, a convite do professor Bandeira Tribuzi, para trabalhar no Instituto de Pesquisa Econômica e Informática (IPEI), o antigo Imesc.

Em 1974 ingressou na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) como professor do Departamento de Economia, onde contribuiu para a formação da grande maioria dos economistas do estado. Vale lembrar que a primeira turma oficial do curso de economia é de 1968.

Em 2006, Hiroshi deixa a UFMA para contribuir na recriação do Imesc, onde trabalhou por dois anos.

Em 2019, Hiroshi retorna ao Imesc, motivado pelo desejo de continuar contribuindo para o desenvolvimento do Maranhão e de ensinar e formar profissionais na área de pesquisas socioeconômicas, transmitindo o vasto conhecimento que possuía na área econômica e também social.

Em 2022, Hiroshi foi convidado para ser presidente do Instituto e aceitou. E com o mesmo entusiasmo e jovialidade de cinco décadas atrás, quando chegou ao Maranhão, ele assumiu a presidência.

Por meio de nota, o Imesc lamentou a partida precoce de seu presidente.

“É com profundo pesar que informamos o falecimento do professor Hiroshi Matsumoto, presidente do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC), ocorrido nesta sexta-feira, 29 de abril.

Hiroshi é uma referência no ensino das ciências econômicas e na construção de iniciativas em prol do desenvolvimento do Maranhão e dos maranhenses.

Neste momento de dor, nós, das equipes da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento e do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos, nos solidarizamos com os familiares e amigos.”

 

Carregando