Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Curso on-line gratuito de produção integrada de borracha natural tem inscrições abertas

O e-Campo, vitrine de capacitações on-line da Embrapa, está recebendo até 10 de maio inscrições para o curso “Produção Integrada de Borracha Natural

Foto: Breno Lobato

O e-Campo, vitrine de capacitações on-line da Embrapa, está recebendo até 10 de maio inscrições para o curso “Produção Integrada de Borracha Natural (Seringueira – Fase Fazenda)”, voltado a profissionais e estudantes da área agropecuária. O objetivo é promover a compreensão do contexto técnico e normativo do Programa de Certificação da Produção Integrada de Borracha Natural (Seringueira – Fase Fazenda), instituído pela Instrução Normativa MAPA nº 6 de 26/04/2021.

A capacitação é coordenada pela Embrapa Cerrados (DF) e reúne conteúdos produzidos por especialistas da Embrapa e de outras instituições de pesquisa, de ministérios e de outros órgãos governamentais, bem como por profissionais que atuam no setor privado.

Estruturado em seis módulos com 11 unidades temáticas e 57 aulas gravadas (totalizando uma carga de 60 horas/aulas) e indicação de bibliografia complementar, o curso é totalmente online e autoinstrucional, podendo ser concluído até deste ano. Os alunos aprovados em todas as unidades temáticas receberão automaticamente o certificado. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas a 100. Para se inscrever, acesse: https://www.embrapa.br/pt/e-campo/producao-integrada-de-borracha-natural.

Entre os diversos objetivos de aprendizagem, o curso pretende que o aluno compreenda o contexto econômico e produtivo da produção de borracha natural e a importância da certificação para valorizar essa produção; conheça os princípios da produção integrada; saiba identificar os principais fatores a serem observados para implantação da cultura; e reconheça as etapas do processo de certificação.

Contexto

A borracha natural é um dos mais importantes insumos industriais produzidos pela agricultura. No Brasil, é produzida pelo cultivo da seringueira, um importante recurso genético da biodiversidade nacional. Uma vez que os consumidores estão cada vez mais preocupados com a qualidade dos produtos de origem agrícola, não somente de alimentos, mas também de têxteis, madeira, biocombustíveis e de outros materiais como a borracha natural, é necessário que os produtores estejam atentos às exigências de qualidade e de sustentabilidade ambiental e social.

A certificação da borracha natural, por meio de um selo oficial do governo brasileiro, vem ao encontro dessas necessidades e abre oportunidade ao produtor de melhor posicionamento do seu produto no mercado. Nesse sentido, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) incluiu a borracha natural no programa de certificação, publicando a Instrução Normativa nº 6 de 26/04/2021, que trata dos requisitos técnicos, ambientais e sociais para a certificação de conformidade para a produção de borracha natural.

A adesão ao programa de certificação não é obrigatória, sendo de adesão livre para os produtores interessados em agregar o valor de um selo de certificação a produção. Entre as regras e requisitos para a certificação da produção de borracha natural, é exigido que toda a produção (etapa fazenda) seja supervisionada por um responsável técnico na área agropecuária, habilitado pelo respectivo conselho de classe e capacitado em curso sobre a Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil), com carga horária mínima total de 40 horas.

Coordenador do curso, o pesquisador Marcelo Fideles explica que, ao se organizar para atender aos requisitos de conformidade e obter a certificação da borracha natural, o produtor é beneficiado pelas mudanças promovidas na forma de gerir o seringal, com mais controle e domínio das atividades, otimização dos serviços, diminuição de desperdícios e menor suscetibilidade a imprevistos.

“Além disso, o produtor agrega a sua borracha o valor da sustentabilidade, atendendo a uma demanda cada vez maior por produtos com esse valor, diferenciando sua produção e se sintonizando com as tendências de mercado. Isso pode não garantir preços maiores mas, principalmente, irá garantir o seu espaço em um mercado cada vez mais exigente e competitivo. Ganha o produtor, a indústria, o consumidor, o nosso meio ambiente e, enfim, a nossa sociedade”, afirma.

Para conhecer todas as capacitações disponíveis no e-Campo, acesse: https://www.embrapa.br/e-campo.

Carregando