Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Central para descarte de resíduos eletroeletrônicos é inaugurada em São Luís

Descarte irregular desses itens pode causar diversos danos ao meio ambiente, já são compostos por metais pesados e outros componentes poluentes.

Prefeitura de São Luís e parceiros inauguraram Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos (Foto: Divulgação)

Foi inaugurada na capital Maranhense uma Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos, por meio de parceria entre a Prefeitura de São Luís, a Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (ABREE) e o Governo Federal. O objetivo é assegurar a destinação ambientalmente correta destes produtos descartados pela população após o consumo.

Com a iniciativa, São Luís entra na rota da reciclagem deste tipo de resíduo, combatendo o descarte irregular e danos ao meio ambiente.

A central funciona no galpão da Cooperativa de Reciclagem de São Luís (COOPRESL), instalada em um galpão construído e cedido pela Prefeitura de São Luís. O espaço é anexo ao Ecoponto Vila Isabel, localizado na Avenida dos Portugueses, bairro Vila Isabel, área Itaqui-Bacanga.

O objetivo da implantação da central é garantir à população de São Luís um espaço adequado para o descarte de itens eletroeletrônicos em geral, desde produtos, como fones de ouvido, a grandes itens, como geladeiras, entre outros.

O descarte irregular de produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos pode causar diversos danos ao meio ambiente, já que estes itens costumam ter em sua composição metais pesados e outros componentes poluentes.

A logística reversa dos eletroeletrônicos e eletrodomésticos faz parte da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal nº 12.302/2010) e foi regulamentada pelo Decreto Federal nº 10.240/20, que implementou o sistema de logística reversa de produtos eletroeletrônicos e seus componentes de uso doméstico.

Funcionamento

Em São Luís, os resíduos eletroeletrônicos continuarão sendo entregues pela população em um dos 25 ecopontos distribuídos pela cidade. Após isso, serão destinados à Central de Logística Reversa de Eletrônicos, onde a COOPRESL ficará responsável pelo armazenamento temporário dos materiais, que serão recolhidos pela ABREE, que é a responsável pelo transporte para a manufatura reversa, assumindo todos os custos dessa operação.

Os grandes geradores poderão destinar seus resíduos eletrônicos diretamente para a COOPRESL, com quantidade a negociar com a cooperativa. Os Ecopontos de São Luís funcionam de segunda-feira a sábado, das 7h às 19h. Já a COOPRESL funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h30.

Carregando