Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Servidora da Vara Família é presa ao cobrar para agilizar sentença

Investigada solicitou a quantia de R$ 2 mil para que fosse agilizado um trâmite processual de uma ação de separação com pensão alimentícia.

Servidora da Vara Família foi presa ao cobrar R$ 2 mil para agilizar sentença (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e da Delegacia Especializada no Combate à Corrupção (DECOR), prendeu nessa segunda-feira, 16, uma funcionária de uma Vara de Família de Teresina-PI. A prisão se deu em flagrante delito pelo crime de corrupção, após as equipes policiais terem sido acionadas por uma pessoa que foi abordada pela mulher.

De acordo com a polícia, a investigada solicitou a quantia de R$ 2 mil para que fosse agilizado um trâmite processual de uma ação de separação cumulada com pensão alimentícia ajuizada em 2013. Segundo o Greco, a prisão foi efetuada no estacionamento em frente ao Fórum após o pagamento da referida quantia.

A funcionária foi autuada em flagrante delito pelo crime de corrupção e será encaminhada para audiência de custódia nesta terça-feira, 17. As diligências foram executadas por policiais civis do Greco e da Delegacia Especializada no Combate à Corrupção (DECOR).

Em nota, o Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI) e a Corregedoria Geral da Justiça destacaram que não compactuam com quaisquer condutas ilegais e que, em caso de acusação contra servidor, são adotadas todas as providências legais.

NOTA À IMPRENSA

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI) e a Corregedoria Geral da Justiça informam que não compactuam com quaisquer condutas ilegais e que, em caso de acusação contra servidor, são adotadas todas as providências legais, como a abertura de Processo Administrativo Disciplinar caso haja indícios suficientes, obedecendo a todos os preceitos legais.

Carregando