Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Caso envolvendo Mike Tyson mostra que certos comportamentos precisam mudar

Não muito tempo atrás, o ex-boxeador Mike Tyson perdeu a paciência com um homem que o irritou em um avião

Foto: Reprodução

Não muito tempo atrás, o ex-boxeador Mike Tyson perdeu a paciência com um homem que o irritou em um avião que sairia de São Francisco, na Califórnia, em direção à Flórida. Após ser provocado, Tyson partiu para cima do passageiro e desferiu diversos socos em seu rosto. O ex-pugilista, apesar dos 55 anos, mostrou que ainda está em forma – ele, aliás, realizou uma luta de veteranos, contra Roy Jones Jr., em novembro de 2020. A exibição movimentou apostadores do mundo inteiro, empolgados com a volta de duas lendas do esporte. Interessados podem obter aqui mais informações sobre bônus para realizar apostas esportivas.

Um vídeo que circula na internet mostra Melvin George Townsend III, que estava sentado em uma poltrona atrás de Tyson, provocando o ex-pugilista reiteradas vezes. As pessoas acostumaram-se a ofender e a provocar os outros nas redes sociais, além de estarem dispostas a fazer de tudo para ganhar likes e views. Não é possível saber o que se passou na cabeça do homem que provocou Tyson, mas certamente ele achou que essa seria uma história incrível para contar para os amigos.

Acontece que na vida real as ações geram reações, e não é uma boa ideia provocar um ex-campeão mundial dos pesos pesados do boxe. Tyson tem um passado controverso, mas ao longo dos anos amadureceu e tornou-se uma pessoa serena, que carrega dentro de si aquela sabedoria de quem aprendeu levando muitas pancadas da vida.

Testemunhas do ocorrido relataram que, em um primeiro momento, Townsend aproximou-se de Tyson e pediu uma selfie – solicitação que foi prontamente atendida pelo ex-boxeador. Mas, na sequência, iniciou uma série de provocações que tiraram Tyson do sério. Não se trata aqui de compactuar com as agressões. É claro que o ex-campeão mundial poderia ter encontrado outros meios para livrar-se do passageiro inoportuno, mas é preciso parar de tratar como vítimas pessoas que não sabem respeitar o espaço do outro – em suma, que não sabem ou desaprenderam a viver em sociedade.

O caso envolvendo Mike Tyson é mais um que demonstra que muitas pessoas já não têm noções básicas de respeito e estão acostumadas ao vale-tudo das redes sociais. Esse é um caminho muito perigoso e, por vezes, pode ser bastante doloroso, como provou o ex-boxeador. Conforme informações de autoridades norte-americanas, o homem que provocou Tyson tem passagens policiais por posse de substâncias controladas, fraude e receptação. Ele agora coleciona em seu histórico uma reprimenda dada por uma das lendas do boxe mundial.

Carregando