Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Laudo vê asfixia de homem morto em viatura da PRF

Imagens mostram agressões e vítima no porta-malas do veículo viatura em meio a fumaça.

Homem morreu após ser ser colocado em porta-malas de viatura da PRF e aspirar fumaça (Foto: Reprodução)

Asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda causaram a morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, de acordo com o laudo divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe, divulgado na manhã desta quinta-feira (26). O homem imobilizado por policiais rodoviários federais e colocado dentro do porta-malas de uma viatura, onde inalou gás e foi a óbito.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública, outros exames foram realizados para detalhar a razão da morte.

Genivaldo era casado e deixa um filho. Segundo a família, ele sofria de esquizofrenia e tomava remédios controlados há cerca de 20 anos.

Carregando