Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maranhão bate recorde de abertura de empresas em maio com quase 5 mil negócios formalizados

Números são atribuídos à política de desburocratização consolidada no Estado.

Prédio da Jucema (Foto: Divulgação)

Em maio, o Maranhão alcançou o recorde de abertura de empresas em 2022 com 4.796 negócios formalizados. Um crescimento de 18% em relação ao mês de abril, quando a abertura foi de 4.051. Os números foram divulgados no Painel Empresarial, elaborado pela Junta Comercial do Maranhão (Jucema), disponível no site www.jucema.ma.gov.br.

Segundo o presidente do órgão, Sérgio Sombra, os dados refletem a política de desburocratização consolidada pelo Governo do Estado que permitiram a transformação digital no registro de empresas, promovida por meio da própria Junta Comercial, como a Jucema 100% Digital e o programa Empresa Fácil que tornam os procedimentos mais simples e ágeis.

O gestor cita ainda o Maranhão Mais Empreendedor, o Cidade Empreendedora e os benefícios tributários como outras medidas que também integram portfólio de ações do Governo do Estado em prol das empresas maranhenses, em especial das MPEs que são a grande maioria dos negócios no Maranhão.

“Os números do mês de maio refletem o trabalho que a gestão estadual tem executado para fomentar o empreendedorismo e garantir mais dinamismo ao ambiente de negócios, tornando os procedimentos mais simplificados e mais rápidos para que o empresário encontre no Maranhão um ambiente propício para iniciar o seu negócio e, melhor ainda, tenha apoio e parcerias para buscar o sucesso desse empreendimento”, explicou Sérgio Sombra.

Balanço

As estatísticas do Painel de Empresas revelam ainda que de janeiro a maio, mais de 22 mil empresas já foram formalizadas no estado. Desse total, 10 mil são do setor de Comércio e um pouco mais de 9.600 são do setor de Serviços. As cinco atividades mais procuradas pelos empreendedores em 2022 foram lojas de roupas, promoção de vendas, minimercados, restaurantes e comércio de bebidas.

Já no ranking das cidades com maior número de empresas abertas, São Luís está em primeiro lugar, seguida de Imperatriz, São José de Ribamar, Timon e Balsas. Os bairros mais empreendedores da capital maranhenses são Turu, Jardim Renascença, Calhau, Cidade Operária e Vinhais.

Tempo

A Jucema também diminuiu o tempo para abertura de empresas. De acordo com dados da Receita Federal, o órgão está entre os mais rápidos do país nos processos de abertura de empresas. Considerando somente o mês de maio, a média de tempo da formalização de empresas foi de 4 horas, ficando assim com o segundo melhor tempo do país.

Carregando