Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio domina o CSA e vence mais uma no Castelão

O resultado levou a Bolívia Querida ao nono lugar na tabela da Série B com 19 pontos ganhos.

Sampaio superou o CSA em noite chuvosa no Castelão (Foto: Ronald Felipe)

Em noite chuvosa no Estádio Castelão, o Sampaio se impôs em campo e venceu o CSA pelo placar de 2×0. O resultado levou a Bolívia Querida ao nono lugar na tabela da Série B com 19 pontos ganhos.

A equipe Tricolor controlou as ações praticamente durante todo o confronto, mas os gols só saíram no segundo tempo. Poveda marcou logo com um minuto da etapa final e Catatau desviou para o gol uma cobrança de falta batida pelo camisa nove boliviano.

O JOGO

O campo pesado, castigado pela chuva, era um desafio a mais para as equipes. O Sampaio tratou de usar essa adversidade a sua favor, com Mateusinho, que mandou a bomba de fora da área, o goleiro espalmou, Catatau pegou a sobra e finalizou, mas a bola desviou na defesa em escanteio.

A Bolívia seguia no ataque, e Hipólito cruzou na área para cabeçada de André Luiz, que passou por cima do travessão. O time visitante respondeu em contra-ataque rápido, mas o arremate passou por cima do travessão.

Aos 32 minutos, Pimentinha fez um passe em infiltração para Catatau que carimbou a trave. Foi por pouco.

Em rara chance de ataque, o CSA assustou com uma batida no pé da trave.

Apesar do primeiro tempo bem movimentação, as equipes seguiram para o vestiário sem balançar a rede.

A equipe Tricolor voltou do intervalo disposta a decidir logo a partida. No primeiro minuto, Pimentinha tocou para Rafael Vila, que encontrou Poveda livre no meio da área para abrir o placar.

Sem tirar o pé do acelerador, a Bolívia quase marca o segundo. Catatau invadiu a área e bateu de bico rente à trave. Passou perto.

Alguns minutos depois não teve jeito. Poveda cobrou falta da entrada da área,a bola desviou em Catatau e entrou.

Em completa desvantagem, o CSA resolveu se aventurar ao ataque e tentou incomodar a defesa Tricolor, que se manteve inabalável.

Com a partida sob controle, o Sampaio passou a cadenciar as jogadas e administrou o resultado até o apito final. Vitória categórica e invencibilidade mantida no Castelão.

A equipe do Sampaio Corrêa volta a campo na sexta-feira para enfrentar a Chapecoense, às 19h, na Arena Condá.

Ficha Tricolor

Luiz Daniel, Mateusinho, Allan Godoi, Nilson Jr e Lucas Hipólito; André Luiz (Lucas Araújo), Ferreira, Rafael Vila (Eloir); Ygor Catatau (Eron), Pimentinha (Maurício) e Poveda (Rafael Costa).

Carregando