Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Acusado de matar passageiro durante assalto a ônibus é preso em São Luís

A ação criminosa ocorreu nas proximidades do bairro Pedrinhas, na BR-135, no dia 19 de maio deste ano.

Wellington Rosa da Silva foi baleado e morreu durante assalto a ônibus (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil do Maranhão cumpriu mandado de prisão temporária nessa quarta-feira, 29, contra um indivíduo por suspeita de latrocínio (roubo que resulta em morte) dentro de um ônibus na zona rural de São Luís. A prisão foi realizada por policiais militares da Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos (DIAE).

Wellington Rosa da Silva, de 39 anos, era funcionário do Mateus Supermercados, e foi morto por um disparo de arma de fogo no dia 19 de maio deste ano, após reagir ao assalto.

Em seu interrogatório, realizado na sede da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o preso confessou a autoria do crime e deu mais detalhes a respeito das circunstâncias do fato.

Após prestar os devidos esclarecimentos e de ser submetido aos trâmites legais, o indivíduo, que não teve a identidade divulgada, foi levado ao sistema prisional onde dever permanecer preso à disposição do Poder Judiciário.

O CRIME

Na tarde do dia 19 de maio deste ano, um passageiro morreu durante mais um assalto a ônibus registrado em São Luís. A ação criminosa ocorreu nas proximidades do bairro Pedrinhas, na BR-135, em um coletivo que faz a linha Coqueiro, na zona rural. Foi o quarto roubo a coletivo ocorrido na capital maranhense naquelas últimas 24 horas.

De acordo com as primeiras informações, um criminoso anunciou o assalto e a vítima teria reagido, sendo atingida com um disparo no abdômen.

O homem, identificado como Wellington Rosa da Silva, de 39 anos, ainda chegou a ser socorrido e levado para a UPA do Maracanã, mas não resistiu à gravidade do ferimento. Ele seria funcionário do Mateus Supermercados.

Carregando