Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Técnica de enfermagem morre após complicações de picada de aranha

Raimunda Nonata deu entrada no hospital com um quadro febril e de dores no corpo, que acabou se agravando.

Técnica de enfermagem morreu após complicações de picada de aranha (Foto: Reprodução)

A técnica de enfermagem e professora Raimunda Nonata da Cruz Souza, de 58 anos, morreu na noite de quinta-feira (07), no Hospital Regional Chagas Rodrigues, do município de Piripiri, no Norte do Piauí, por complicações provocadas por uma picada de aranha. Ela era moradora da localidade Furnas, onde teria acontecido o incidente em sua residência.

Raimunda Nonata deu entrada na unidade na tarde da última quarta-feira (6) com um quadro febril e de dores no corpo, que acabou se agravando. Ela chegou a ser levada para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde seria transferida em seguida para o Instituto De Doenças Tropicais Natan Portela em Teresina, mas não resistiu.

Ainda houve a suspeita que ela estivesse com dengue ou Covid-19, mas ela foi submetida a um teste, dando negativo. Diante disso, Raimunda lembrou do episódio com o inseto, onde foi constatado no hospital que já havia se passado um certo tempo após o incidente devido ao quadro do ferimento, já necrosando.

Raimunda Nonata da Cruz Souza era esposa do ex-vereador Euclides e deixou quatro filhos. Ela foi sepultada na localidade. A comunidade estava em Festejo de Nossa Senhora de Fátima, que foram cancelados em respeito à família.

Carregando