Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Homens acusados de violência contra a mulher participam de grupo reflexivo

A ideia é que o diálogo e a capacitação os levem a refletir, e isso diminua a reincidência da violência doméstica.

Grupo reflexivo propõe novo olhar sobre as relações de gênero (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de promover a mudança no comportamento de homens que foram acusados de violência contra a mulher e fazê-los refletir sobre seus atos, o Ministério Público do Maranhão iniciou a nona edição do “Grupo Reflexivo de Homens: novo olhar”. As atividades são realizadas no auditório das Promotorias de Justiça da Capital e a turma reúne 22 participantes.

Na abertura, foi abordada o conceito de gênero, reflexões sobre gênero, impactos dos papeis de gênero nas relações sociais e desigualdade de gênero. A palestra foi ministrada pelo servidor Clayrton Rodrigues da Silva.

Os participantes são incluídos no grupo por determinação judicial. A ideia é que o diálogo e a capacitação os levem a refletir e isso diminua a reincidência da violência doméstica. As reuniões são realizadas semanalmente e cada turma tem 10 encontros. Os trabalhos são coordenados pela 22ª Promotoria de Justiça de Defesa da Mulher de São Luís.

De acordo com a servidora Mônica Carvalho do Nascimento, que coordena esta edição do grupo reflexivo e trabalha na Promotoria de Justiça de Defesa da Mulher, durante as reuniões, os participantes tomam conhecimento das implicações dos atos de violência tanto para o autor quanto para a vítima.

“Além disso, é discutida a relação de poder e controle dos homens para incentivar mudanças comportamentais, promover relacionamentos afetivos respeitáveis, igualitários e, principalmente, construir uma cultura de paz e respeito”, completou Mônica Nascimento.

A programação, a ser realizada em 10 reuniões, inclui temas como saúde do homem, tipos de comunicação, alienação parental, Lei Maria da Penha, direitos dos homens, dependência química, dentre outros.

PADHUM

A instituição do Grupo Reflexivo é uma das estratégias do Programa de Atuação em Defesa de Direitos Humanos do Ministério Público do Maranhão (Padhum), desenvolvido pela Secretaria para Assuntos Institucionais do MPMA (Secinst), voltada à defesa das mulheres e combate à violência de gênero.

Carregando