Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ferryboat Baía de São Marcos é retirado da travessia Ponta da Espera e Cujupe para manutenção

Desta forma, a travessia será feita por apenas dois ferryboats, já que a José Humberto foi retirada de circulação pela Capitania dos Portos.

MOB retirou ferryboar Baía de São Marcos para manutenção (Foto: Reprodução)

A Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) informou, na manhã desta terça-feira, 12, que retirou a embarcação Baía de São Marcos de circulação.

De acordo com a MOB, o ferry passará por manutenção preventiva, e não irá operar nesta terça e quarta-feira, 13, na travessia entre os terminais da Ponta da Espera, em São Luís, e Cujupe, no município de Alcântara.

Por conta da suspensão, não haverá mais vendas de passagens nesse período, e a Agência orienta que somente os usuários com os tickets já compradados se dirijam ao terminal.

Desta forma, a travessia será feita por apenas dois ferryboats, já que a embarcação José Humberto foi retirada de circulação pela Capitania dos Portos por recomendação do Ministério Público Federal.

De acordo com o MPF, o ferry tem apresentado sérios problemas durante a sua operação, com diversas ocorrências relatadas pela população usuária do transporte. Agora, a embarcação só poderá voltar a operar depois solucionar as questões de ordem documental e estrutural observadas nas inspeções de avaliação técnica.

Nota na íntegra da MOB:

“Devido à manutenção preventiva da embarcação Baía de São Marcos, que ocorrerá nos dias 12 e 13 de julho de 2022 (terça e quarta-feiras), informamos que nestas datas O Sistema de Travessia Marítima contará somente com duas embarcações.

Diante disso, solicitamos que só se dirijam aos terminais da Ponta da Espera e Cujupe os veículos que já possuam passagem, pois não haverá previsão de embarque através das filas de espera”.

Carregando