Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Companhia Barrica leva programação neste fim de semana em Pindaré e Itapecuru

Ação itinerante acontecerá neste sábado e domingo com a exposição “Ponto de Luz”, oficinas recreativas e apresentação do espetáculo “Maranhão de Festejos”

(Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – Depois de encantar o público nos arraiais de São Luís durante a temporada junina, a Companhia Barrica pega a estrada, neste fim de semana, rumo aos municípios de Pindaré-Mirim e Itapecuru-Mirim para presentear as comunidades com uma programação bastante animada, incluindo a exibição da exposição “Ponto de Luz”, recreação artística e apresentação do espetáculo “Maranhão de Festejos”.

A primeira parada da ação itinerante será no sábado (16), em Pindaré-Mirim, com toda a programação movimentando o Engenho Central, a partir das 17h. O Engenho Central de Pindaré-Mirim é um espaço histórico remanescente do período colonial, quando a cana de açúcar era a principal riqueza brasileira, sendo, portanto, um símbolo do processo econômico agroindustrial do estado. Atualmente, abriga um centro de ensino profissionalizante e uma unidade vocacional do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema). O espaço também acolhe exposições de arte e é constantemente visitado.

No dia seguinte (17), bailarinos, músicos e cantores seguirão para Itapecuru-Mirim, atraindo os moradores da cidade para o Itapecuru Social Clube, também às 17h. O espaço é o clube onde são realizados todos os eventos importantes da cidade, incluindo reuniões e convenções. Localizado na Avenida Gomes de Souza, em frente à Prefeitura, é um dos poucos clubes que ainda se mantêm em atividade.

Além da exposição e do espetáculo “Maranhão de Festejos” (com quadros tradicionais representativos do bumba meu boi, do tambor de crioula, das danças juninas do Boizinho Barrica e das folias carnavalescas do Bicho Terra), a comunidade poderá participar das oficinas recreativas, com ênfase nas danças típicas do bumba meu boi, da quadrilha, do tambor de crioula e, também, nas folias carnavalescas. A entrada para toda a programação nas duas cidades será gratuita.

História – Segundo o diretor artístico da Companhia Barrica, José Pereira Godão, a exposição “Ponto de Luz” é permanente na Casa Barrica, em São Luís. A abertura foi em maio deste ano e conta a história de trabalho do grupo para manter viva a tradição dos folguedos maranhenses e levá-los para os quatro cantos do Brasil e do mundo.

A exposição reúne elementos que remetem ao Boizinho Barrica, ao Bicho Terra e à Natalina da Paixão, que são as três vertentes artísticas da companhia maranhense de teatro de rua. O acervo é composto de figurinos, objetos diversos, instrumentos musicais, vídeos de apresentações dos espetáculos e painéis fotográficos. Parte desse acervo será levada para apreciação do público durante a programação nos dois municípios.

A exposição “Ponto de Luz” integra as ações alusivas aos “36 Anos-Luz de Estradas, Estrelas e Encantarias”, marcando as mais de três décadas e meia de atividades da Companhia Barrica.

 

Carregando