Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maranhão ganhará 40 novas escolas militares

Com a expansão, Estado passará a contar com 81 unidades.

Governo anunciou ampliação do número de escolas militares (Foto: Divulgação)

O Maranhão terá mais escolas militares, contemplando municípios do interior do estado com este importante espaço para a educação. O anúncio foi feito em encontro de secretários e autoridades militares, nessa terça-feira (19), no Palácio dos Leões, no Centro Histórico da capital. Na ocasião, os prefeitos puderam conhecer mais sobre a atuação destas instituições.

As escolas militares já estão presentes em várias cidades do Maranhão e a ampliação reforça a política estadual por uma educação melhor a todos os maranhenses, destacou o Governo do Estado.

As escolas terão coordenação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, órgãos responsáveis pela condução desta iniciativa. Serão mais 40 novas escolas com o modelo de aprendizado somado à perspectiva das organizações militares. Em 2015, eram apenas sete escolas militares em todo o Maranhão e agora são 41. Com a expansão destas unidades a mais 40 cidades do interior, somarão 81 escolas.

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostra que os melhores desempenhos vêm de alunos das escolas militares e também dos Institutos de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema).

Na avaliação do secretário de Estado de Segurança Pública (SSP), coronel Silvio Leite, a ampliação das escolas militares é uma grande contribuição para a sociedade. “É uma iniciativa importantíssima. Praticamente dobramos o número de escolas militares em apenas três meses, um resultado que muito significa aos pais e mães dos jovens que pretendem integrar estas unidades e não havia como atender toda a demanda. Com essa ampliação, o governo do Estado está dando a oportunidade para que cerca de 40 municípios tenham acesso a esse ensino de qualidade, rigoroso e atento aos índices de educação”, frisou.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), coronel Célio Roberto de Araújo, destacou a ampliação do plano de educação. “O objetivo é que, tanto Corpo de Bombeiros, quanto Polícia Militar ampliem suas unidades, pois, a educação tem que ser pública e de qualidade, e estas unidades primam por isso. São ensinados valores de disciplina, de educação, formação do conhecimento e o mais importante, de cidadãos, a fim de proporcionar que no futuro eles possam escolher seu destino, a partir de uma base sólida. Também entendo que, com essa iniciativa estamos promovendo segurança pública primária, uma vez que estamos educando e orientando as crianças para que no futuro se afastem de situações de risco”, avaliou.

Carregando