Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Mulher é presa suspeita de mandar matar mãe de 80 anos e irmão para ficar com dinheiro

Os corpos das vítimas, que desapareceram em 31 de março, não foram encontrados.

Casa onde desaparecidos moravam, em uma fazenda na zona rural (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

A Polícia Civil investiga a morte de uma idosa de 80 anos e do filho dela, de 58, no distrito de Lajinha, no interior de Jerônimo Monteiro, no Sul do Espírito Santo. A principal suspeita de ser a mandante do crime é a filha da vítima, que teria elaborado o plano criminoso para ficar com patrimônio da família.

De acordo com a polícia, as vítimas foram consideradas desaparecidas desde o dia 31 de março deste ano, e os corpos, até o momento, não foram encontrados. No entanto, os óbitos de Maria José de Paula e Euzenir Ramos de Paula foram confirmados.

Os suspeitos de envolvimento no crime foram presos na quarta-feira (20). Além da filha, uma mulher de 56 anos, foram detidos o executor, de 42 anos, e o intermediário, de 55. Os nomes dos investigados não foram divulgados.

De acordo com o delegado Fábio Teixeira Machado, a filha, mandante do crime, chegou a comunicar o desaparecimento à polícia.

No dia 2 de maio deste ano, a Polícia Civil havia concluído o inquérito policial com a prisão de dois suspeitos, de 21 anos e 23 anos, pelo crime de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. No entanto, com a prisão do terceiro executor nesta quarta, o curso da investigação mudou, já que ele apontou que a mandante do crime foi a própria familiar das vítimas.

Carregando