Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Comércio de São Luís aposta nas datas comemorativas para lucrar

Com consumo mensal apresentando sinais de desaceleração, pesquisa mostra que datas como o Dia dos Pais têm incentivado as vendas sazonais

(Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS – Com mais consumidores predispostos a presentar no Dia dos Pais 2022, o segundo domingo de agosto deve ser uma data otimista para o comércio varejista de São Luís. Na Pesquisa de Intenção de Consumo para o dia, 76,7% dos entrevistados afirmaram ter a pretensão de ir às compras.

Este é o maior patamar já alcançado para a data comemorativa em todas as pesquisas realizadas pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Maranhão (Fecomércio-MA), a partir de 2012. Além disso, o dado representa uma alta de +42% na intenção de presentear, em relação ao último levantamento apurado em 2018, quando a pretensão dos ludovicenses em comprar pelo menos um item era de 55,8%.

O aumento significativo da intenção de presentear demonstra o efeito do represamento das comemorações ao longo dos últimos dois anos de pandemia, o que tem gerado um aumento exponencial da predisposição dos consumidores para as celebrações nas datas comemorativas este ano, a exemplo do Dia das Mães e do período junino. Esse fator comportamental de retomada dos laços afetivos por meio das festividades presenciais tem sido fundamental para driblar as consequências da alta dos preços e incentivar o consumo nas datas sazonais.

A partir do apelo emocional da reaproximação física após a flexibilização das regras de distanciamento social, os dados da pesquisa apontam para a redução do percentual de pessoas que não pretendem presentear neste Dia dos Pais, que atingiu o menor nível histórico desde o início do levantamento. Em 2022, apenas 8,3% dos entrevistados declararam não ter a intenção de comprar presentes na data, uma queda de -78,5% em relação a 2018. Em 2014, na máxima histórica, o percentual apontado por aqueles que não pretendiam comprar presente na data era de 40,5%.

Gastos

Para alegrar os pais nesta data, que é considerada a quarta melhor para o comércio varejista local, o consumidor ludovicense deve desembolsar o valor médio de R$ 210,00 por presente. Essa média é R$ 58,00 maior do que o nível de gastos apontado pelo público entrevistado em 2018, quando o valor correspondia a R$ 152,00, representando uma alta de +38,2%, acima, inclusive, da inflação acumulada do período que é 27,9%. Essa aceleração no valor do presente se dá pela percepção do consumidor de que os produtos de hoje estão bem mais caros do que aqueles do Dia dos Pais anterior.

Em 2022, a maior fatia de consumidores (28,5%) pretende gastar entre R$ 201,00 e R$ 250,00, seguida por 18,2% dos entrevistados que pretendem desembolsar entre R$ 101,00 e R$ 150,00. A alta no aporte este ano influenciou para que o valor médio da cesta de compras ficasse em R$ 249,00. Em 2018, o valor médio do total da compra foi R$ 220,00. Ou seja, neste ano a sacola de compras para o Dia dos Pais ganhou o incremento de R$ 29,00.

Cesta de presentes

Com os consumidores pretendendo gastar um valor próximo ao apurado para 2018, mas com o presente ficando mais caro, a cesta de compras deste ano tende a diminuir. Em 2022, a sacola de mimos encolheu para 1,1 presentes, cerca de -17,9% abaixo da cesta de compras de 2018. Desta forma, os consumidores devem ficar mais atentos às condições de pagamento oferecidas pelas lojas, bem como eventuais promoções e descontos, de modo que possam gastar de forma mais eficiente, atingindo o objetivo de presentear, mesmo com a limitação de recursos financeiros.

Neste cenário, a fatia de consumidores que pretende comprar apenas um produto neste Dia dos Pais é de 84,9% entre os entrevistados. Este percentual corresponde a um aumento de +27,5% na escolha por apenas 1 presente, em comparação com 2018, mostrando que o consumidor tem sentido a alta dos preços. A parcela de pessoas que deve comprar 2 presentes caiu de 25,7% em 2018 para 11,7% em 2022. Na mesma tendência, o quantitativo daqueles que devem comprar 3 produtos reduziu de 6% para 2,9% este ano.

Nota

A Pesquisa de Intenção de Compras do Dia dos Pais foi realizada entre 4 e 6 de julho de 2022, no município de São Luís, com 700 questionários aplicados em diversos pontos de fluxo de pessoas. Os entrevistados têm idade acima de 18 anos, de modo que o tamanho da amostra foi espelhado com base na população adulta de São Luís estimada pelo último Censo Demográfico, que é de cerca de 70,6%. O intervalo de confiança da pesquisa é de 95%, com desvio-padrão de 3,7% para mais ou menos.

Carregando