Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Falta de água provoca mudanças na rotina de moradores de Ribamar

O bairro está situado na cidade de São José de Ribamar, e a fornecedora deste serviço essencial é a BRK Ambiental.

Moradores da Avenida Um, do bairro Jardim Turu, em São José de Ribamar, reclamam da falta d’água nas torneiras (Foto: Divulgação)

Moradores da Avenida 1, no bairro do Turu, em São José de Ribamar, estão sem água desde o sábado (23). O desabastecimento começou pela manhã daquele dia, quando estava prevista uma interrupção. Ocorre que, a comunicação sobre esta interrupção não teria sido feita de forma ampla, impossibilitando que todos os consumidores tomassem conhecimento, antes que houvesse a pausa do fornecimento.

No terceiro dia sem o produto, a quantidade armazenada já havia se esgotado, e quem mora na Avenida 1 ficou sem água total. A moradora Jokelene Santos disse que foi pega de surpresa.

“Eu estava lavando roupa, quando percebi que não chegava mais água na máquina de lavar. Ao verificar o que estava acontecendo, fui surpreendida com o desabastecimento, isto, na manhã de sábado. Entre o sábado e a manhã dessa segunda-feira (25), liguei três vezes para a BRK Ambiental, a responsável pela distribuição de água em São José de Ribamar. Pediram que eu espere até sábado (30)”, informou Jokelene.

A moradora afirmou, também, que em uma das ligações feitas, todas elas registradas por números de protocolos, pediu à BRK o abastecimento de sua casa, por conta da empresa, por meio de carro pipa. “Eu não posso ficar sem água até sábado (30), é muito tempo. Fornecimento de água é um serviço essencial, a BRK precisa nos assistir de alguma forma. Mas, a empresa me respondeu dizendo que somente fornece água de carro pipa para escolas, unidades médicas e igrejas”, frisou Jokelene.

A consumidora contou que, na manhã dessa segunda-feira, 25, teve que se mudar para casa de familiares, para que pudesse tomar banho e seguir para o seu serviço. “Isto mudou minha rotina. Só vou voltar para minha casa, quando tiver água”, destacou a moradora.

SEM AVISO NA CORRESPONDÊNCIA

Outra moradora da Avenida 1, Angélica Ferreira Barros, disse ao Jornal Pequeno que, por duas semanas, a BRK Ambiental, por meio de um carro de som, comunicou o desabastecimento a partir do domingo (24), sendo que água faltou no sábado (23).

“Houve o aviso prévio, mas apenas em carro de som, só quem estava em casa nos horários dos avisos ficou sabendo”, informou Angélica.

A moradora declarou que, mesmo tendo ouvido os avisos, ela também ficou sem água armazenada. “Peguei uma caixa emprestada, e a enchi. Eu liguei várias vezes para a BRK, informaram que a falta de água seria para que houvesse a manutenção de uma caixa d’água”, disse Angélica.

CDC

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) define os serviços de saneamento básico (água e esgoto) e energia como bens essenciais à vida humana, que devem ter fornecimento adequado e contínuo (arts. 6º, inciso X, e 22), e garante a efetiva reparação pelos danos causados (art. 6º, inciso VI).

Havendo a suspensão no fornecimento do serviço, o consumidor tem o direito de pleitear reparação pelos prejuízos sofridos, e requerer o abatimento proporcional dos valores pagos indevidamente na conta ou o ressarcimento do que gastou para suprir a falta de água, conforme estabelece o Código de Defesa do Consumidor.

OUTRO LADO 

A BRK informou que a região do Jardim Turu e Altos do Turu está recebendo melhorias no sistema de abastecimento de água, e que as intervenções são fundamentais para melhorar o serviço prestado aos morados da região.

A empresa comunicou que as obras de melhoria são programadas, e devidamente divulgadas através de anúncio em jornal, carro de som e oficiadas ao órgão regulador e ao poder concedente (prefeitura). Além dos canais mencionados, os clientes também podem se informar sobre as paralizações do abastecimento em seu bairro no telefone 0800-771-0001 (serviço 24h com ligações gratuitas de fixos e celulares) ou no WhatsApp (11) 99988 0001 (horário comercial).

Em relação à reclamação na Avenida 1, foi dito que a equipe está atuando em verificação de possíveis interferências que possam estar provocando falta de água, conforme relato de alguns moradores

Carregando