Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Final de semana de gargalhadas no encerramento do Sesc Circo

Toda a programação tem classificação livre e é aberta ao público

(Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – A arte circense vai colorir os últimos dias de férias da criançada. Com uma programação variada e gratuita, o Sesc Circo apresenta um espetáculo no dia 30, às 17h, no Teatro Sesc, e quatro espetáculos e uma vivência circense no dia 31/07, das 15h às 20h, no Sesc Deodoro. Toda a programação tem classificação livre e é aberta ao público.

O espetáculo “Roma Desmonta”, com Grupo Remonta de Teatro (MA), apresenta a história de uma garotinha que passa por grandes dificuldades e perdas, mas decide mudar sua vida em uma jornada que vai trazer verdadeiras amizades e aprendizados. A apresentação acontece neste sábado (30), às 17h, no Teatro Sesc. A retirada de ingresso deve ser realizada 1h antes da apresentação na bilheteria do Teatro.

O Teatro Sesc tem capacidade de 245 lugares, sendo quatro espaços para pessoas que usam cadeiras de roda. O espaço fica localizado no andar térreo do Condomínio Fecomércio/Sesc/Senac, na Avenida dos Holandeses, ao lado da loja Cadami.

No domingo, dia 31 de julho, o Sesc Circo realiza uma maratona de apresentações circenses no Sesc Deodoro, das 15h às 20h. Na programação, a experimentação de técnicas circenses com o Coletivo “O Circo tá na rua” (MA) e os espetáculos “O jacá do Caburé” com Jean Pessoa – Timon (MA), “Circo do K’Os – Os Clássicos da Palhaçaria” com K’OS Coletivo (CE), “Cabaré das debutantes” com Michelle Cabral e convidadas (MA) e a performance com malabares “A Origem do Fogo” com Lucas Dark (MA).

No último dia do Sesc Circo, 31 de julho, às 15h, pais e filhos podem aprender técnicas circenses gratuitamente com o Coletivo O Circo Tá na Rua no Sesc Deodoro. Das 16h às 20h, cinco divertidos espetáculos circenses que prometem arrancar boas gargalhadas da plateia. O palhaço Caburé (Timon/MA) abre a maratona de espetáculos no picadeiro com uma mistura palhaçaria, dança e brincadeiras populares. Em seguida entra em cena reprises clássicas com três palhaços que só se metem em enrascada com K’OS Coletivo (CE), números circenses com palhaças maranhenses e por fim apresentação com malabares de fogo.

O circo é uma importante forma de expressão popular e artística que alcançou o status de patrimônio cultural brasileiro. Levando alegria e diversão por onde passa, há 9 anos o Sesc no Maranhão tem incentivado os processos de criação e o fortalecimento da arte do riso por meio do Projeto Sesc Circo.

Carregando